AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

O que é que o 3D&T tem?!

O que é que o 3D&T tem?!: "
O 3D&T é um dos sistemas mais jogados no Brasil e isso é indiscutível. Seja por seu rápido aprendizado por parte dos novos jogadores, ou pela simples habilidade de se adaptar bem e emular através de adaptações e ambientações da maioria dos filmes, desenhos animados, quadrinhos e tudo mais. Sendo isso, talvez, o fato que funciona como “atração” para os seus mais novos jogadores.

Mas um fato deixa muito fã de RPG pensando, “o que então leva o jogador mais veterano a utilizar o 3D&T?”, já que é um sistema por muitos considerado para iniciantes.

3D&T é genérico


O conceito de sistema de RPG genérico tem mudado com o tempo, mas seu principal objetivo ainda é bem simples: Um sistema que permita uma perfeita (ou não tão) ambientação para qualquer estilo de jogo sejam eles futurista, clássico, pré-histórico ou moderno, o sistema permite ser “jogável”, independente de como faça isso.


Unindo cenários até onde sua imaginação quiser. Isso é 3D&T!


E o 3D&T consegue bem se encaixar neste papel. Existem regras que podem ser tiradas ou acrescentadas dependendo do seu estilo de jogo. Caso seja uma ambientação mais moderna, como na Primeira/Segunda Guerra Mundial onde seus personagens interpretam judeus americanizados com o objetivo de acabar com o nazismo, basta subtrair as regras que substanciam as magias, ou fenômenos mais combativos como técnicas de combate e utilizando-se de ferramentas mais “humanas” como equipamentos e veículos de combate, ou até mesmo a estratégia, como vimos neste artigo, onde você pode controlar um exército inteiro em campanha. Ou ainda em uma adaptação fantástico-futurista, onde naves interestelares contrastam com a paranormalidade e/ou alguns cultos secretos em meio a sociedade, por meio de uma guerra civil entre a tecnologia contra a magia. Este então deixando no melhor estilo “vale qualquer coisa”, que é basicamente o que Novo Aeon faz. Independente do seu estilo de jogo, o sistema se adéqua bem a proposta do mestre e também dos jogadores.



Fazer uma ficha rápida para um Mobile Suit de Gundam daria um certo trabalho... em outro sistema!


3D&T é dinâmico


Outro atrativo que tem atrai os mestres a continuarem no sistema é o fato dele ser dinâmico. Sabe aquele grupo que quase nunca consegue se reunir frequentemente para que possa ser narrada aquela campanha épica digna de ser publicada em um livro? Difícil de encontrar. Então pra quê um sistema com regras pesadas, estruturas de combate longas, e construção de fichas demoradas? Pouco tempo somado à diversão instantânea requerem um sistema mais prático. É um dos fatores que tem levado a um acréscimo grande de jogadores e mestres se voltando para o lado indie da força, utilizando sistemas que são desenvolvidos para curtas campanhas, como o Lady Blackbirde e o Shotgun Diaries, todos gringos. O 3D&T cumpre bem este papel nos combates, precisando somente de um dado para a jogada (e acreditem, variar dados de dano confundem alguns mestres) e um soma já pré-estabelecida com base somente em algumas das características básicas dos personagens. Na criação dos personagens, visto que os estereótipos são bem mais fáceis de montar com as opções bem divididas do que o personagem pode adquirir ou não. Testes normais, como o de perícias, que apresentam somente três níveis de dificuldade (fácil, médio e difícil), facilitando o mestre na hora de interpretar o perigo de determinada situação.

3D&T é narrativo!


Ponto em que nem sempre se consegue chegar. 3D&T tem um foco na narrativa bastante oculto, bem nas entrelinhas mesmo. Por ser um sistema de poucos testes, não existe nenhuma diferença mecânica que limite a imaginação do jogador. Com os seus três pontos na característica força, ele pode desferir um meteoro de pégaso bem dado na fuça do inimigo, sacar sua espada longa e partir para o combate, ou ainda usar um chicote elétrico para atordoar seus oponentes. Sacaram a idéia? Você não tem restrições no uso da imaginação. E elas podem outros pontos positivos que somente o mestre perceberá se ser atento a essas desenvolturas narrativas. E você pode utilizar essas mesmas como métodos de soluções de problemas, facilitando alguns testes, ou ainda dificultando ainda mais dependendo da narrativa. Vejamos alguns exemplos:

  • Teste de Perícia: Em determinada situação, os personagens devem conseguir informações a respeito de uma organização secreta. Estão todos em um bar, onde supostamente será feita o primeiro contato entre dois membros desta mesma organização, onde os personagens poderão fazer uma boa abordagem. Neste momento, eles decidem entre si qual deles tem mais chances de sucesso em uma abordagem “amigável”. Quem vai é a personagem do jogador Fulano, uma ladina cheia de carisma e lábia. Normalmente, o mestre pede um teste de dificuldade contra alguma especialização (lábia, no caso) para tentar conseguir informações dos abordados, mas pode-se deixar o jogo fluir e decidir o resultado com base na narrativa do personagem, dizendo que foi um sucesso ou um fracasso, ou ainda reduzindo ou acrescentando dificuldades caso a personagem não tenha a especialização necessária.
  • Quando em combate, determinadas “formas de ataque” podem ganhar atenção do mestre e realmente ter efeitos um tanto diferentes para a situação. Um vilão consegue aparar qualquer tipo de golpe e contra atacar diretamente com uma habilidade de Kit. Os personagens, vendo que qualquer ataque feito diretamente torna-se inútil, tanto por não ferirem o alvo, quanto pelos contra ataques, resolvem pensar em um plano B. Decidem por selecionar o melhor personagem com características de arremesso, pegar o personagem mais rico em destreza, e arremessá-lo contra o alvo, o inimigo. Caso o inimigo tentasse aparar e desferir um golpe de contra ataque, o “arremessado” teria direito a um teste de esquiva, e esquivando com sucesso teria então seu dano infligido no inimigo.

São meios alternativos de se aproveitar tanto este poder oculto presente no 3D&T, como o próprio improviso, imaginação e interpretação (teoria dos 3 is) dos personagens. Pontos extras de experiência podem ser fornecidos aos personagens envolvidos na trama.

3D&T é da galera!


Muitos jogadores e mestres não tem tanto tempo como tinham antigamente para realizar aquela rodada rotineira de domingo, apelando então para PBFs, PBEMs, PBGDocs, ou ainda à ferramentas online como o Taulukko, RPG2ic ou RRPG Firecast. E o que o 3D&T tem a ver com isso? Por ser um sistema leve, e ter sido disponibilizado via pdf também pela sua editora atual, a Jambô, não necessita de que todos os jogadores gastem suas pouposas verbas para adquirir o livro. Ele pode ser baixado gratuitamente para ser jogado, e isso é um dos pontos fortes na divulgação e crescimento do sistema pelos jogadores. É mais comum vermos por aí também sistemas caseiros baseados no 3D&T, melhorando um ponto, ou acrescentando outros. No fim, fica sempre fácil jogar algo online que você conheça muito bem.

Bom pessoal, espero que tenham gostado desse brainstorm criado numa terça-feira pós forte temporal e sem luz aqui no Rio, acrescentado de um notebook. Se prenda na idéia!

"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.