AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

Porque troquei a 4E pelo Tormenta RPG

Eu vou postar essa matéria aqui porque gostei muito do ponto de vista do autor. Não pedi permissão, então...


Porque troquei a 4E pelo Tormenta RPG: "
Esse é um tipo de desabafo que escrevi para o ex-Paragônico Dan Ramos, que ele pensou em usar como post no Paragons. Mas como ele nunca postou, e acabou saindo do blog, resolvi publicar aqui mesmo, no ZUADA!.

Saibam então os meus motivos:

________________________________________________________________________________


Eu comprei a 4E logo que saiu em português. Estava com uma campanha de 3.5 em andamento, e curioso para conhecer as novidades da edição. Confesso que no início, queria dizer para mim mesmo que só compraria o “Livro do Jogador”, queria apenas “conhecer as regras”, me recusava a admitir que queria “migrar” para a polêmica quarta edição. Mas a atitude de um jogador meu, que é muito amigo, mas é um combista inveterado, me fez mudar de ideia. Ali, naquele “novo jogo”, não haveria nada de “combos quebrados de Talentos roubados” + “Bárbaro Frenético”. Seria um sistema equilibrado, onde todas as classes teriam as mesmas possibilidades e nenhum personagem seria autosuficiente, uma tendência que eu considero um ponto negativo, explorado pelos amantes de 3ª edição.

Mas deu tudo errado…

O jogo travou. Acredito que a culpa não tenha sido do sistema, e sim da maneira como eu e meus companheiros de mesa lidamos com ele. Sentimos que muito do que queríamos fazer nos era restringido pelo sistema, ainda mais por estarmos jogando ainda na 3ª edição de Forgotten Realms, e não termos avançado o tempo para Spell Plague, etc. A campanha acabou por falta de interesse, e até minha mudança aqui para o interior do RJ, não consegui rolar mais do que UMA aventura seguida de 4E. Fiquei tão frustrado que vendi os quatro livros que eu tinha, antes de embarcar para o Sudeste…

Quando aqui cheguei, vagando pelos Orkuts da vida em busca de um grupo, percebi que a galera não gostava muito da 4E, e então resolvi dar “downgrade” para a terceira edição. eu não tinha os livros quando jogava (era xerocado! :X), mas com a grana da venda da 4E, decidi adquirir pelo menos o “Livro do Jogador 3.5″ e o “Livro dos Monstros”. Que inocente! O ÚNICO exemplar do LdJ que achei na internet custava R$ 90,00! Fora o resto dos livros…

Então descobri o Tormenta RPG…

A princípio, fiquei com um pé atrás; Sou muito fã do Trio, lia a DB desde o primeiro número, porém nunca fui muito admirador de Tormenta, exceto por Holy Avenger. E eu tinha medo de comprar o livro e ter que obrigatoriamente jogar num cenário que não me agradava, em absoluto. Mas depois de ler umas resenhas no dot20 e no Roleplayer, me decidi: Investi parte do dinheiro da venda da 4E no Tormenta RPG. E não me arrependi.

A primeira mudança que eu senti foi o ritmo de jogo. Eu joguei por quatro domingos seguidos, algo que nunca mais havia acontecido. Não tenho certeza que isso foi por causa do sistema, mas quero acreditar que o tempo que deixamos de perder construindo personagens e preenchendo cartões de poderes tenha influenciado de alguma forma. Não, não usava Character Builder…

Outro ponto positivo foi o fato de que eu não precisava comprar mais nenhum livro; Estava tudo lá: Regras para o Mestre, monstros, itens mágicos… e a boa e velha liberdade que estava acostumado da 3ª edição, mas sem os combos mirabolantes de outrora. Me senti jogando D&Dzinho da Grow novamente, com aquela ingenuidade de quem escolhe os monstros para desafiar os jogadores por que vai ser mais divertido, e não porque “se não escolher direito, fica fácil demais…”

A minha campanha parou novamente. Mas dessa vez, não por conta do jogo, e sim por causa das férias. Pretendo reiniciá-la em breve. E quem sabe um dia, ela terá um fim. O fim que ela merece, e que meus jogadores esperam.

P.S: Nem tive tempo de pegar coisas como “Essentials”. Se tivesse, teria ficado com mais raiva ainda!


________________________________________________________________________________

E que começe a Edition Wars!

Abraços!


Filed under: RPG Tagged: 3ª Edição, D&D, Tormenta RPG "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.