AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

[SdJ] Leo Tsukasa em RAL Gensoukyo! (Parte 6.5)

Ficou faltando essa parte, foi mal!



[00:46] Alvero: (não foi o Leo que falou?)
[00:46] Leo Tsukasa: (tá ativa ainda, não é?)
[00:46] Shino: (a magia é sustentável Leo, ele só volta ao normal se você quizer)
[00:47] Alvero: ("Lembrete, tentar matar Shino")
[00:47] Leo Tsukasa: (então vc olhou pra Kaki)
[00:47] Leo Tsukasa: (huauhauhahu)
[00:48] Shino: (tadinho do Otoo-sama!)
[00:48] «!» (isso devia ter um limite)
[00:48] «!» (as in, se tu quiser, a vitima fica pra sempre querendo sexo)
[00:48] Alvero: (se a magia não der escolha, Kaki ñ tem o tipo de corpo que Alvero)
[00:49] Shino: (até morrer de exaustão)
[00:49] «!» (devia ter algo tipo, ela pode gozar um numero de vezes igual a R)
[00:49] «!» (e depois desmaiaria de exaustão)
[00:49] Shino: (igual aos afrodisíacos de Erthys, foi de lá que tirei o efeito)
[00:50] Leo Tsukasa: ("ela"?)
[00:50] Leo Tsukasa: (mas é ELE que tá sob efeito!)
[00:50] «!» (não to falando especificamente dele, e sim da outra grande maioria)
[00:50] Leo Tsukasa: (ah)
[00:50] Shino: (nos afrodisíacos de Erthys a pessoa, morre, a magia pelo menos o mago pode ser bonzinho e permitir que a vitima viva)
[00:51] Shino: (mas podemos fazer o seguinte
[00:51] «!» (nem idéia sobre afrodisíacos)
[00:51] Alvero: Quando um mago fica com 0 PVs, quaisquer magias sustentáveis que ele esteja mantendo
[00:51] Alvero: são imediatamente canceladas.
[00:51] Leo Tsukasa: (!)
[00:51] Leo Tsukasa: (nem vem)
[00:52] Shino: (mas você é o gm, não precisa seguir regras, pode fazer o que disse, depois de R Orgasmo a pessoa cai exausta e só acorda depois de 24 horas, por exemplo)
[00:52] Leo Tsukasa: (3 orgasmos)
[00:52] Leo Tsukasa: (já teve 1)
[00:53] «!» (ele só tem 2 de R)
[00:53] Leo Tsukasa: (fudeu)
[00:53] «!» (não sei se posso falar essas coisas, aliás...)
[00:53] Leo Tsukasa: (Kaki, tahcu)
[00:53] Leo Tsukasa: (tchau*)
[00:54] Shino: (ou seja, mais um e vai dormir por 1 dia inteiro, se o atmo não o soltar)
[00:54] Leo Tsukasa: (num to agarrando)
[00:54] Shino: (cancelar a magia*)
[00:55] Leo Tsukasa: Kaki, sua vez.
[00:55] Leo Tsukasa: Vai lá.
[00:55] ** NPC: Kaki: *confusa*
[00:56] Alvero: *Alvero ao ver garota Kaki,  baixa a roupa de baixo dela e segura ela pelos pulsos, enquanto penetra a garota com força de uma vez só*
[00:56] «!» (o lado bom é que essa magia só funciona com gente fraca...)
[00:56] Alvero: (na verdade tenho R3)
[00:56] ** NPC: Kaki: (reduzi -4 da tua R...)
[00:56] Shino: (ou ainda, se a pessoa estiver presa sem poder fazer, sexo,ela terá sua R horas para satisfazer o desejo, caso não ela enlouquece, e se o mestre for mal, ganha uma insanidade de graça)
[00:56] «!» (a efetiva pra testes é 2)
[00:57] «!» (porque a de humano é só +1 bônus, acho eu)
[00:57] ** NPC: Kaki: (caralho Shino)
[00:57] Shino: (mas como disse, são sugestões, ai depende do mestre)
[00:57] Shino: (se eu fosse o gm, faria isso e muito mais)
[00:57] Leo Tsukasa: (só quero que o carase divirta)
[00:57] Leo Tsukasa: (não que morra)
[00:58] Shino: (então cancela a magia)
[00:58] Alvero: (Vc me odeia assim Shino?)
[00:58] Alvero: (Brinks, claro)
[00:58] Leo Tsukasa: (deixa o cara gozar primeiro)
[00:58] Leo Tsukasa: (já começou, termine)
[00:59] ** NPC: Kaki: AAH! AAAAAH!
[00:59] Shino: (não odeio ninguém, estou baseando a ideia em animes e mangás Hentai de BDSM, onde em muitos casos a pessoa enlouquece e vira um Meat Toilet)
[00:59] Leo Tsukasa: (isso acontece nos que não são de bdsm)
[00:59] Shino: (tradução um ser que se submete a tudo por sexo, até mesmo coisas como Pee e Scat)
[01:00] Shino: (também acontece em tentacles)
[01:00] Leo Tsukasa: (EU SEI)
[01:00] Leo Tsukasa: (mas prefiro os que tem vingança)
[01:01] Leo Tsukasa: (o bixo fode, se diverte e, no fim, a mina mata ele)
[01:01] Shino: (prefiro os que termina em Meat, ou pregnant)
[01:01] Leo Tsukasa: (mas a GRANDE maioria não tem mais isso)
[01:02] Alvero: *Alvero movimentava seu corpo para frente e para trás enquanto mantia a mesma força que usara de começo para penetrar a garota, enquanto mantia  os pulsos da garota presos  ela para os braços, forçando mais a entrada de seu membro*
[01:02] ** NPC: Kaki: Ih, ih, ih!
[01:02] Alvero: presos, e puxava ela pelos braços*
[01:03] Leo Tsukasa: Diz que não queria, e agora faz o que quer com ela...
[01:03] Leo Tsukasa: Na verdade, não fez o que queria!
[01:03] Leo Tsukasa: Faça ela engolir tudo.
[01:04] ** NPC: Kaki: *olhar assassino para Tsukasa*
[01:05] Alvero: *Alvero ao ver a garota perdendo foco, solta um dos pulsos e segura ela abaixo de queixo.* Sua cabeça devia esta volta para cá, deixa eu ter certeza que estará
[01:07] Alvero: *O mercenário tira o penis de dentro do anus da garota e faz ela ficar de joelhos no chão, logo depois força ela a chupa-lo, segurando a nuca dela com as duas mãos*
[01:07] ** NPC: Kaki: *chup chup chup*
[01:07] «!» (não vai estranhar o gosto? aloks)
[01:08] Leo Tsukasa: (lá vai... que gosto?)
[01:08] Leo Tsukasa: (ah)
[01:08] Leo Tsukasa: (foda-se ela)
[01:08] Alvero: *Força ela a chupar mais e mais, até ver lágrimas saindo dela. Tentava força até sentir o fundo da garganta dela*
[01:08] ** NPC: Kaki: HMPF! HHHMMP!
[01:09] Alvero: --Use sua linguá também garota.
[01:10] ** NPC: Kaki: *mexe a língua, fazendo-a bailar pelo membro do violento mercenário*
[01:11] Alvero: *Ao sentir que a linguá de Kaki, Alvero sem avisar goza dentro da boca da garota e só tira seu membro ao sentir que acabou de liberar todo seu semên*
[01:11] Leo Tsukasa: *cancela a magia e levanta* Então, melhor que dinheiro, não é?
[01:12] Alvero: *Se sentindo cansado, Alvero finalmente volta sua atenção a Leo*--Com certeza...
[01:12] ** NPC: Kaki: *tosse*
[01:13] Alvero: --Você  não é tão ruim assim garoto, talvez você possa alguém grande um da.
[01:13] Alvero: dia*
[01:13] Leo Tsukasa: Claro que vou ser.
[01:14] Alvero: --E suas "filhas"também não são ruins, sabem o que fazem.
[01:14] Leo Tsukasa: Eu as treinei só pra isso.
[01:14] Leo Tsukasa: E para me proteger, claro.
[01:15] Alvero: --Me empreste a mais velha de vez enquanto e te ajudo em seus objetivos, acho que isso pode acabar sendo divertido.
[01:15] Leo Tsukasa: Prometido. *vai embora*
[01:16] Alvero: *Cansado, Alvero arruma sua roupa e armadura e volta para casa para poder dormir*
[01:16] Leo Tsukasa: "Yumi, sua vez está chegando!"
[01:18] ** NPC: Kaki: *falando baixo* Um dia... um dia...
[01:20] Leo Tsukasa: *abre a porta da casa de Yumi* Olá!
[01:20] Karl: (Vou nessa. Boa noite!)
[01:22] ** NPC: Yumi: Leo-kun, boa noite! *Yumi estava sentada no sofá assistindo televisão, parecia ter comida sendo preparada no fogão.*
[01:23] Leo Tsukasa: Tem tv aqui?
[01:23] Leo Tsukasa: *beija ela* Consegui me ajeitar com Alvero e com Lilith.
[01:23] Leo Tsukasa: *entrega o saco* O dinherio é seu.
[01:26] ** NPC: Yumi: Sim, os tengus cuidam disso. Só que costuma dar bastante problema.. *A garota retribui o beijo, e cora um pouco. Em seguida, ela segura o saco de dinheiro.* U-Uau! Pelo visto deu tudo certo!? Que bom! Podemos ter comida por um mês, ou até mais.. hmm *pensativa*
[01:26] Leo Tsukasa: Um mês?!
[01:26] Leo Tsukasa: Isso é muito pouco...
[01:26] Leo Tsukasa: "Agora sim preciso fazer algo..."
[01:27] Leo Tsukasa: Diga... o que acha de ser a esposa de alguém... famoso ou rico?
[01:28] ** NPC: Yumi: ...obrigada, Leo-kun. *Yumi se agarra ao braço do rapaz. E se espanta com o comentário.* E-Eh? Está querendo dizer que... você é na verdade famoso e rico, Leo-kun!?
[01:28] Leo Tsukasa: Eu serei.
[01:28] Leo Tsukasa: E você vai ter comida para toda a vida.
[01:29] Leo Tsukasa: O que acha?
[01:31] ** NPC: Yumi: Mas um mês inteiro, não é pouco... até sobrará dinheiro, acho. Mas será? E como vai fazer isso? *ela inclina a cabeça pro lado, curiosa*
[01:31] Leo Tsukasa: Darei um jeito.
[01:32] Leo Tsukasa: Vamos comer! Preciso te fazer umas perguntas, também.
[01:32] Leo Tsukasa: (pergunto sobre todas as outras garotas bonitas)
[01:32] Leo Tsukasa: (onde moram, qual os horários)
[01:34] Shino: (vai fazer um bordel, ou vender elas como escravas sexuais)
[01:34] Leo Tsukasa: (primeiro como)
[01:34] ** NPC: Yumi: Por que... quer saber sobre elas? *Yumi parecia um pouco triste com aquela conversa, estava encarando um sushi em seu prato e mexendo de um lado pro outro com os hashis*
[01:34] Leo Tsukasa: (depois penso)
[01:34] Leo Tsukasa: Haha, não é nada disso!
[01:34] Leo Tsukasa: Precisamos de empregadas também!
[01:35] Leo Tsukasa: Eu vou lá, falo com elas, e, depois que eu conseguir nossa mansão, chamo todas elas.
[01:37] ** NPC: Yumi: Hm... *estava emburrada ainda, mas falou sobre as garotas que moravam na vila*
[01:37] Leo Tsukasa: (quantas vítimas?)
[01:37] «!» (Desse jeito já já o main cast vai ir te caçar, haha)
[01:38] Leo Tsukasa: (nem vem)
[01:38] Leo Tsukasa: (não fiz nada ainda)
[01:40] ** NPC: Yumi: Pelo que me lembro são só essas cinco... algumas delas costumavam caçoar de mim por causa das cicatrizes e dos hematomas que eu tenho...
[01:40] Leo Tsukasa: "Mais um ÓTIMO motivo!"
[01:40] Leo Tsukasa: Não se preocupa.
[01:41] Leo Tsukasa: Nossas empregadas vão nos obedecer, de um jeito ou de outro.
[01:42] ** NPC: Yumi: Tudo bem, isso já passou. *ela para de encarar o prato e sorri* E como vai convencê-las disso? Aliás, o mais difícil seria conseguir uma casa maior, só nós dois...
[01:42] Leo Tsukasa: Hmm...
[01:42] Leo Tsukasa: Melhor convencê-las primeiro.
[01:42] Leo Tsukasa: Assim vão nos esperar, não importa o tempo.
[01:42] Leo Tsukasa: (qual o tamanho dessa casa? cabe elas todas?)
[01:44] «!» (é uma casa média de vilarejo, cabe "bem" um casal e 2 filhos)
[01:44] «!» (bem as in cada um em sua cama e tudo mais)
[01:44] Leo Tsukasa: (vai chamar muita atenção...)
[01:44] Leo Tsukasa: (vou fazer o seguinte)
[01:45] Leo Tsukasa: (pego cada uma, enlouqueço por mim e mando esperar, cada uma em sua casa)
[01:45] «!» (dominação total?)
[01:45] Leo Tsukasa: (só interpretação não dá?)
[01:47] «!» (mesmo só interpretando, o mais perto de "enlouquecer por ti" seria abusar tanto até virar só objeto de prazer)
[01:47] Leo Tsukasa: (isso não posso manter)
[01:47] «!» (mas assim não conseguiriam agir normalmente em casa)
[01:47] Leo Tsukasa: (mas não vou voltar atrás no plano)
[01:50] Leo Tsukasa: Qual delas tem medo de insetos?
[01:52] ** NPC: Yumi: Insetos? Hmm... *yumi parece fazer força pra se lembrar*
[01:52] ** NPC: Yumi: Acho que a Nana-chan tem medo de insetos.
[01:54] Leo Tsukasa: Onde ela mora? *sorriso amável*
[01:56] Leo Tsukasa: (façamos a transição preu "chegando" na garota)
[01:57] «!» (eita,vai ser agora?)
[01:57] «!» (momento)
[01:57] Leo Tsukasa: (só ainda hj)
[01:58] Leo Tsukasa: (se tu não puder, ok)
[01:58] «!» (eu to com sono só, mas de boas)
[01:58] ** NPC: ???: Lalala!
[01:58] Leo Tsukasa: ?
[01:59] Leo Tsukasa: "Que animação é essa?"
[01:59] «!» Tsukasa para ao ver uma garota cantando alegremente em uma das ruas do vila, um pouco afastada.
[01:59] Leo Tsukasa: "..."
[01:59] Leo Tsukasa: "Será ela?"
[01:59] «!» A garota tinha cabelos brancos, assim como Yumi tinha dito.
[02:00] ** NPC: ???: Hnhhmum! *cantarolando*
[02:00] Leo Tsukasa: "Saco, minha avó falava de uma tal de Gensoukyo e que era pra ter cuidado com garotas daqui... Mas ela..."
[02:00] Leo Tsukasa: *vai até ela* Olá! *sorriso amável*
[02:02] ** NPC: ???: Olá? Quem é você? Te conheço? *A garota olhava desconfiada pro rapaz aparecendo do nada.*
[02:02] Leo Tsukasa: Eu sou novo aqui, me chamo Kaoru.
[02:02] Leo Tsukasa: Te vi andando e... não resisti!
[02:03] Leo Tsukasa: Tenho que perguntar o seu nome.
[02:04] ** NPC: ???: Ah, bem, se você diz isso, sei que é difícil resistir ao meu charme. Pode me chamar de Nana-sama, hahaha!
[02:04] Leo Tsukasa: É bem difícil mesmo!
[02:04] Leo Tsukasa: Escuta, não quer fazer umas coisas mais tarde?
[02:05] Leo Tsukasa: Podia te pagar um jantar, que tal?
[02:06] ** NPC: Nana: Um jantar? Que romântico, hahaha! Mas entendo que sinta desejo de me dar agrados do tipo, é normal ao ver uma pessoa tão bela.
[02:07] Leo Tsukasa: (a gente tá no meio de Kakariko?
[02:07] Henry:  Flws galerinha linda )
[02:08] Henry: ( se cuidem )
[02:08] ** NPC: Nana: (conseguiu fazer a hist? :v)
[02:08] Henry: ( Fiz. tava esperando o Atmo dar uma checada lá )
[02:08] Henry: ( pra ver se ficou muito over o que eu peguei )
[02:08] «!» (nice)
[02:09] «!» (e estamos tipo... é, pelo meio da vila)
[02:09] Leo Tsukasa: Vamos comer algo primeiro? Eu pago!
[02:10] ** NPC: Nana: C-Certo, vá na frente, plebeu!
[02:11] Leo Tsukasa: Claro! *sorriso amável*
[02:14] ** NPC: Nana: E então, aonde estamos indo?
[02:14] Leo Tsukasa: Aqui perto.
[02:14] ** NPC: Nana: Vamos logo, estou com fome!
[02:14] «!» Nota: Está de dia, perto da hora do almoço.
[02:15] Leo Tsukasa: (calma, ela vai comer bastante)
[02:15] Leo Tsukasa: (ou será que não?)
[02:15] Leo Tsukasa: (onde estamos agora? longe da casa da Yumi?)
[02:16] «!» (não sei oras, você que tá levando ela)
[02:16] Leo Tsukasa: (então vamos para lá)
[02:16] Leo Tsukasa: (ela deve ter saido pr otrabalho, né?)
[02:16] «!» (who knows...)
[02:17] Leo Tsukasa: (ela deve ter me contado, né!)
[02:17] «!» (ué, não vi perguntar!)
[02:17] Leo Tsukasa: (saco, que seja testemunha)
[02:18] Leo Tsukasa: *abre a porta* Fiz comida demais, e não quero jogar fora.
[02:19] ** NPC: Nana: O que? Você me trouxe pra comer restos!? E essa casa... *Nana olha ao redor*
[02:19] Leo Tsukasa: (paralisia)
[02:19] ** NPC: Nana: É a casa da fudida!
[02:19] «!» (diz como vai ser)
[02:21] Leo Tsukasa: (já estou fazendo)
[02:21] Leo Tsukasa: "Vejamos, por que não se cala?"
[02:21] Leo Tsukasa: Quieta.
[02:22] Leo Tsukasa: (ela faz teste de R agora)
[02:22]  GM rolou 1d6= 3 {[3]}
[02:23] Leo Tsukasa: (se fudeu, imagino)
[02:23] ** NPC: Nana: G-gh!?
[02:23] Leo Tsukasa: *vai até ela e a leva para a casa* Isso não é jeito de falar da minha noiva.
[02:24] Leo Tsukasa: *olha se Yumi saiu*
[02:25] «!» *Yumi tinha saído para fazer compras com o dinheiro que Tsukasa trouxe no dia anterior.*
[02:25] Leo Tsukasa: "Para o quarto de hóspedes e futuras criadas!"
[02:26] Leo Tsukasa: (tem uma cama lá?)
[02:27] «!» (hmmmm... não)
[02:27] «!» (só tinha duas, lembra?)
[02:27] Leo Tsukasa: (tem o que?)
[02:28] «!» (tralhas de fazendeiros... uma mesa grande que usavam pra.. fazer coisas)
[02:28] «!» (algumas janelas)
[02:28] Leo Tsukasa: *coloco ela na mesa, gentilmente* Nossa, você realmente é uma puta.
[02:29] ** NPC: Nana: GhhrR! *Ela fazia força pra tentar falar, mas não conseguia.*
[02:29] Leo Tsukasa: Fique quieta e me deixe falar. *fechando as janelas* Ouvi falar que você tem medo de insetos.
[02:30] Leo Tsukasa: Então vim te ajudar com isso!
[02:30] Leo Tsukasa: *sorriso maligno*
[02:30] Leo Tsukasa: E você vai gostar de cada momento...
[02:31] Leo Tsukasa: (4 tentáculos, prendendo braços e pernas)
[02:31] ** NPC: Nana: MFFMFGG?!?
[02:31] Leo Tsukasa: (já perdi 6 PM)
[02:32] Leo Tsukasa: Olha aqui, meu amiguinho querido!
[02:32] Leo Tsukasa:
[02:32] Leo Tsukasa: (do tamanho de um labrador)
[02:32] Leo Tsukasa: (H1 R1 Aceleração)
[02:32] ** NPC: Nana: *Os olhos de Nana se arregalam em desespero*
[02:32] Leo Tsukasa: (perdi 9 pm)
[02:32] Leo Tsukasa: Que foi?
[02:33] Leo Tsukasa: Tem medo dele?
[02:34] Leo Tsukasa: (já sei)
[02:34] Leo Tsukasa: (Ao alcance da mão, gasto 2 PM para manter a boca dela fechada)
[02:34] Leo Tsukasa: (perdi 11 Pm)
[02:35] ** NPC: Nana: Ghhg!! *Os olhos de Nana lacrimejam.*
[02:35] Leo Tsukasa: Vem cá Violeta, vou te ajudar a subir na mesa.
[02:35] Leo Tsukasa: *coloca o bixo em cima dela*
[02:35] Leo Tsukasa: E então?
[02:36] Leo Tsukasa: (e com Ao Alcance da Mão posso usar magias de toque sem tocar! maginífico!)
[02:36] Leo Tsukasa: (Magnífico!*)
[02:37] ** NPC: Nana: GHHHHYMMFFF!! *Nana se desesperava com o inseto enorme em cima dela.*
[02:37] Leo Tsukasa: (ah sim, nesse caso fiz uma meia de sombras com Ao alc. e colocquei na boca dela, pra dar um '"charme")
[02:37] Leo Tsukasa: (mantendo a boca fechada, claro)
[02:37] Leo Tsukasa: Isso é só um aperitivo.
[02:38] Leo Tsukasa: Sabe o que ele vai fazer contigo?
[02:38] Leo Tsukasa: *passo as mãos nas pernas dela* Te encher de ovos! HAHAH!
[02:39] Leo Tsukasa: *passo a mão de leve na calcinha dela, estimulando o clítoris* No começo vai doer, depois vai doer mais.
[02:39] Leo Tsukasa: Assim que você não aguentar mais de dor, eu... pensarei no teu caso.
[02:40] ** NPC: Nana: *A garota chorava, já parecia ter desistido de tentar gritar, não conseguia.*
[02:40] Leo Tsukasa: (ontem fiz a Yumi comer sushi com os fluídos vaginais dela mesma)
[02:40] Leo Tsukasa: (foi... divino)
[02:41] Leo Tsukasa: *tiro a calcinha aos poucos* Não precisa de tanto.
[02:41] Leo Tsukasa: Ele é treinado.
[02:41] Leo Tsukasa: Só mata quando coloca ovos demais.
[02:41] Leo Tsukasa: Espero te salvar a tempo...
[02:42] Leo Tsukasa: *pego o rabo tentacular do bixo e coloco "dentro" da garota, esfregando pelos lábios inferiores*
[02:43] ** NPC: Nana: *Ela tenta fechar as pernas e juntar a coxas o máximo que pode, mas os tentáculos a impediam.*
[02:43] Leo Tsukasa: *sorriso* Não, assim não tem graça.
[02:44] Leo Tsukasa: *enfio o membro do Violeta com tudo nela* E agora?
[02:45] ** NPC: Nana: MFFMFMFFF!!! *O corpo da garota se contrai em dor, a paralisia é desfeita e ela começa a se debater com mais violência.*
[02:46] Leo Tsukasa: (tentáculos com F4, só pra lembrar)
[02:47] Leo Tsukasa: *enfio com mais força e deixo Violeta se virar*
[02:47] Leo Tsukasa: (haha)
[02:49] ** NPC: Nana: *Os olhos de Nana se arregalam o máximo que consegue, ela tenta gritar, mas sua voz não sai. Sem mais o que fazer, a garota começa a chorar.*
[02:49] Leo Tsukasa: Uma visão realmente divina!
[02:49] Leo Tsukasa: *chego perto do rosto dela* Eu gostaria de perguntar o por que de chamar Yumi de fedida, mas vou deixar pra depois.
[02:50] Leo Tsukasa: Quando terminarmos aqui, você vai A-M-A-R o Violeta!
[02:52] «!» *Apesar de estar totalmente impossibilitada, Tsukasa consegue notar que Nana parece dar algumas risadas quando ele menciona o nome de Yumi. Seguido de um esbravejo* GRHRGRR!!
[02:53] Leo Tsukasa: Olha só, a conhece mesmo.
[02:53] Leo Tsukasa: "Se ela fugir, estou fudido."
[02:53] Leo Tsukasa: "Não posso matar, então..."
[02:53] Leo Tsukasa: Violeta, meu querido, vá mais fundo.
[02:53] Leo Tsukasa: E coloque logo seus ovinhos.
[02:54] Leo Tsukasa: Ela vai gostar de provar cada um.
[02:55] ** NPC: Nana: *Nana ficou exausta por se esforçar tanto, parando de esbravejar um pouco e apenas sentindo o horrível inseto a penetrar.*
[02:56] Leo Tsukasa: Ei, não desmaie.
[02:56] Leo Tsukasa: Não terminei com você.
[02:56] Leo Tsukasa: Do contrário, te enforco aqui mesmo e dou pro Violeta comer. Que tal?
[02:57] Leo Tsukasa: (lembrei agora que posso mandar a Kaki e a Karine devorar os monstros ou vítimas que morreram. ou não)
[02:57] ** NPC: Nana: *Ela balança a cabeça em afirmação.*
[02:57] «!» Parece que preferia ser enforcada...
[02:58] Leo Tsukasa: "Uma tara?"
[02:58] Leo Tsukasa: Me diga: quer que eu te enforque para morrer ou para sentir prazer?
[02:58] Leo Tsukasa: Um aceno para a primeira e dois para a segunda.
[02:59] ** NPC: Nana: *acena uma vez*
[02:59] Leo Tsukasa: Sério mesmo?!
[03:00] Leo Tsukasa: Aaah, assim não tem graça! *aperto um dos seios dela com força, torcendo o mamilo* Você vai gostar disso.
[03:01] Leo Tsukasa: *espera até Violeta colocar os ovos*
[03:02] Leo Tsukasa: (nope)
[03:02] ** NPC: Nana: *A respiração dela estava pesada, e seus olhos cheios de lágrimas. No entanto, seu olhar era de raiva.*
[03:02] Leo Tsukasa: HAHAHA!
[03:03] Leo Tsukasa: Quero só ver a sua cara depois.
[03:03] Leo Tsukasa: Vai me IMPLORAR por mais!
[03:04] Leo Tsukasa: Melhor, vai fazer isso agora mesmo! *Luxúria*
[03:04] Leo Tsukasa: (3 PM)
[03:04] Leo Tsukasa: (perdi 14 PM)
[03:05]  GM rolou 2d6= 6 {[3, 3]}
[03:06] Leo Tsukasa: (é pra rolar isso aqui ó)
[03:06] Leo Tsukasa:
[03:06] ** NPC: Nana: *Sua respiração se torna mais agitada. Aos poucos, a expressão de Nana ia mudando. De raiva, passou a se tornar... desejo. Parece que ela estava se divertindo com o inseto a penetrando.*
[03:07] Leo Tsukasa: *aperto outro mamilo com força* E agora? Ainda quer morrer?
[03:08] Leo Tsukasa: (achei a Alicia de Valkyrie Profile 2 dando prum inseto, desse mesmo artista)
[03:08] ** NPC: Nana: *Nana não prestava atenção nele, estava de olhos fechados lambendo o que tinha em sua boca, enquanto sentia prazer com o inserto.*
[03:08] ** NPC: Nana: inseto*
[03:09] Leo Tsukasa: *dissipa a "meia"* Quer algo mais?
[03:13] ** NPC: Nana: Filho... da puta... o que fez... comigo... *a garota parecia ter uma resistência anormal, ela deveria ter perdido a consciência a esse ponto* haa... eu quero... gozar... *Ela estava com a boca aberta e saliva escorria por ela.*
[03:14] Leo Tsukasa: Logo logo, logo logo...
[03:14] Leo Tsukasa: Violeta, cadê os ovos?
[03:15] ** NPC: Nana: Me encha... de ovos...
[03:15] Leo Tsukasa: (é hermafrodita)
[03:15] Leo Tsukasa: (não podem perder a chance de se reproduzir)
[03:19] Leo Tsukasa: Eu que estou esperando!
[03:22] ** NPC: Nana: Inseto inútil... pelo menos me faça gozar... haa...! haa, hnn... f-finalmente *Nana abre a boca e estica a língua pra fora* Mais rápido, mais rápido! AAAAAHHHHHHH!! *O corpo de Nana estremeceu enquanto seus olhos entravam em órbita.*
[03:23] Leo Tsukasa: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CHQQFjAA&url=http%3A%2F%2Fatmoland.blogspot.com%2F2012%2F05%2Fnews-magias-novas.html&ei=tV6rT_nELuWf6AHk6YnGBA&usg=AFQjCNHJqFc3vLFk7bGX53iKH3ClNVP-YQ&sig2=h8K9tEWdQnK5Jge4zgYeXQ
[03:23] Leo Tsukasa: http://atmoland.blogspot.com.br/2012/05/news-magias-novas.html
[03:24] Leo Tsukasa: Primeira vez. *procura por ovos*
[03:25] «!» (O inseto é teu, faz a descrição)
[03:25] Leo Tsukasa: (oks)
[03:27] «!» *Após vários minutos penetrando a garota, Violeta começa a liberar as primeiras cargas de esperma com ovos. Do tamanho de bolas de golfe, dezenas invadiam o útero de Nana, estufando sua barriga numa proporção absurda.
[03:28] «!» (mais e ela estoura)
[03:29] «!» Haa... parece que estou grávida... *a garota abre mais as pernas, seus fluídos se misturavam com o esperma do inseto em suas coxas*
[03:29] ** NPC: Nana: Haa... parece que estou grávida... *a garota abre mais as pernas, seus fluídos se misturavam com o esperma do inseto em suas coxas*
[03:30] Leo Tsukasa: Não, ainda falta algum tempo.
[03:30] Leo Tsukasa: Você quer mais?
[03:32] ** NPC: Nana: Sim...! Mê dê mais, quero mais desses ovos em mim, minha barriga está enorme... haa...
[03:32] Leo Tsukasa: Tenho que abrir espaço primeiro.
[03:33] Leo Tsukasa: *pressiono a barriga, expulsando os ovos*
[03:34] ** NPC: Nana: Gff!! M-Meus ovos, não tire-os de mim... *ela tentava mexer as pernas para alcançar os ovos que saíram de sua barriga, sem sucesso.*
[03:37] Leo Tsukasa: Quieta, vou abrir espaço pra mais.
[03:37] Leo Tsukasa: *mais força*
[03:37] ** NPC: Nana: NÃO! PARE!! Meus ovos...
[03:37] Leo Tsukasa: Melhor, não vou parar até você me prometer algo.
[03:38] Leo Tsukasa: *viro pra ela* Seja minha empregada. Sua recompensa será quantos ovos quiser dentro de sua barriga.
[03:40] ** NPC: Nana: *Após o último ovo sair...* Q-Que nojento... quem iria querer isso...? M-Me mate... haa... haa...
[03:40] Leo Tsukasa: Como que é?
[03:41] ** NPC: Nana: M-Me mate... *a garota fica em silêncio por alguns segundos* E então? Acabou? Não estou satisfeita! Me dê mais!
[03:42] Leo Tsukasa: Você é doida?
[03:42] Leo Tsukasa: Sabe que se eu te matar não vai ter mais esse prazer todo, não é?
[03:42] Leo Tsukasa: Via ficar por ai vagando, sem rumo, olhando tudo o que perdeu e o que nunca terá de novo.
[03:43] ** NPC: Nana: Matar? Quero que me faça gozar! *A língua dela escorria saliva, fora da boca*
[03:44] Leo Tsukasa: Tá bom. *vou até as pernas abertas e enfio a mão dentro dela* Vou tirar o último ovo, pera só um segundo.
[03:44] ** NPC: Nana: Ugh! Gostoso...
[03:44] Leo Tsukasa: Não to achando, que pena... *tira a mão* Violeta, mais uma vez.
[03:45] Leo Tsukasa: *vou para a cozinha e lavo a mão* Garota irritante! Uma hora quer uma coisa, noutra já muda de ideia?!
[03:46] Leo Tsukasa: *volto, secando a mão* E então? Está gostando?
[03:47] «!» Quando Tsukasa volta, Nana parece estar quase atingindo o orgasmo novamente.
[03:47] Leo Tsukasa: Acho que isso é um sim.
[03:47] ** NPC: Nana: Ahh... Haaa... isso, isso! hnnn KYAAAAAA!!!! *mais fluídos esguicham da vagina da garota.*
[03:48] Leo Tsukasa: Cacete, ela sujou a parede!
[03:50] Leo Tsukasa: *coloca a mão na cabeça, mas logo relaxa* Yumi limpa isso.
[03:51] «!» (teste de H+1)
[03:51]   Leo Tsukasa rolou 1d6= 1 {[1]}
[03:51] Leo Tsukasa: (qual?)
[03:51] «!» Tsukasa ouve Yumi abrir a porta da casa.
[03:52] Leo Tsukasa: (o quarto de hóspedes tem porta?)
[03:52] «!» (tem)
[03:52] Leo Tsukasa: (isso já posso imaginar)
[03:52] Leo Tsukasa: (fecho a porta)
[03:52] Leo Tsukasa: (os tentáculos de dentro seguram ela, impedindo que Yumi a abra))
[03:53] «!» (todos?)
[03:53] Leo Tsukasa: (dois tá bom)
[03:53] Leo Tsukasa: (não, um só)
[03:53] Leo Tsukasa: (o outro entra na boca de Nana)
[03:54] ** NPC: Nana: MFMFMF!?!?
[03:54] Leo Tsukasa: *fico do lado de fora* Olá, Yumi!
[03:55] ** NPC: Yumi: Leo-kuun, vi seus sapatos na porta, onde est- Ah, aí está ! *Yumi vinha andando com algumas sacolas*
[03:56] ** NPC: Yumi: O que está fazendo aqui? *ela inclina a cabeça pro lado, curiosa*
[03:56] Leo Tsukasa: Só... de passagem!
[03:56] Leo Tsukasa: Me diga uma coisa: viu essa... Nana?
[03:57] ** NPC: Yumi: Não a vi hoje ainda... por que?
[03:57] Leo Tsukasa: Só pra saber, o que ela fez contigo, EXATAMENTE?
[03:59] ** NPC: Yumi: Bem... ela apenas caçoava de mim por ter algumas cicatrizes no corpo... e também por eu sempre ter alguns machucados e hematomas quando ela me via.
[03:59] Leo Tsukasa: Todos os dias?
[04:01] ** NPC: Yumi: Quase...
[04:01] ** NPC: Yumi: Mas sabe, a Nana-chan...
[04:02] ** NPC: Yumi: Ela já foi minha amiga, há alguns anos atrás. Ela se preocupava quando me via machucada, mas eu não contava nada a ela... ela acabou ficando com raiva e começou a caçoar de mim, ao invés de tentar me ajudar. *Yumi demonstra um sorriso um tanto quanto triste em sua face.*
[04:03] Leo Tsukasa: Bem...
[04:03] Leo Tsukasa: Nah, não adianta. Não posso mentir pra voce.
[04:04] ** NPC: Yumi: Hm..?
[04:04] Leo Tsukasa: Ela tá ali no quarto.
[04:04] Leo Tsukasa: Estou "ajudando" com o medo de insetos.
[04:04] ** NPC: Yumi: Eh? É mesmo?
[04:05] Leo Tsukasa: Estou ajudando do meu jeito.
[04:05] Leo Tsukasa: *abro a porta*
[04:05] «!» *Barulho de coisas caindo ao chão são ouvidos.*
[04:06] «!» *A sacola que Yumi segurava estava no chão, e as mãos em sua boca, tapando-a.*
[04:06] Leo Tsukasa: Ela foi um pouco arisca no início, mas já aceitou seu futuro.
[04:06] Leo Tsukasa: Empregadas boas só surgem com treinamento intensivo.
[04:07] Leo Tsukasa: Você é minha amada, não a usaria deste jeito.
[04:07] ** NPC: Yumi: *Yumi estava em choque.*
[04:07] Leo Tsukasa: *seguro Yumi* Ei, não se preocupa!
[04:08] Leo Tsukasa: "Ela vai enlouquecer bem antes disso..."
[04:08] Leo Tsukasa:
[04:08] Leo Tsukasa: (a cena que Yumi vê)
[04:09] ** NPC: Yumi: Era pra isso... que queria saber onde elas moravam...? Você pretende fazer isso... com todas elas.. Leo-kun? *ela parecia apavorada*
[04:09] Leo Tsukasa: Irei torná-las empregadas leais, então terei de fazer certas "coisas" para isso.
[04:10] ** NPC: Yumi: M-Mas... isso é errado..
[04:11] Leo Tsukasa: Se quiser, eu posso parar tudo, mas ela vai ter que morrer. Sabe demais sobre mim.
[04:11] Leo Tsukasa: Mandarei o inseto e Kaki devorá-la.
[04:11] ** NPC: Yumi: Não! Não mate-a! Mas, isso é...
[04:12] Leo Tsukasa: *olho nos olhos de Yumi* Entenda, isso é o melhor.
[04:14] ** NPC: Yumi: *Yumi parecia se acalmar um pouco* S-Se você diz, Leo-kun... eu estarei... na cozinha, se precisar... *a garota recolhe as coisas que caíram e vai para a cozinha, um pouco pálida com o que viu.*
[04:14] Leo Tsukasa: (agora é a decisão)
[04:15] Leo Tsukasa: (se eu ficar e continuar, Yumi pode me odiar ou coisa do tipo)
[04:15] Leo Tsukasa: (se eu ir falar com ela, a infeliz da Nana pode morrer)
[04:16] «!» (choose your destiny!)
[04:16] Akane: [*som de suspense no fundo para a decisão...*]
[04:16] Leo Tsukasa: (Yumi é mais importante)
[04:16] Leo Tsukasa: *sigo Yumi* Ei, não fica chateada comigo.
[04:17] Akane: [pobre Nana i.i]
[04:18] Leo Tsukasa: (o bixo vai mais devegar, lógico)
[04:18] ** NPC: Yumi: Eh? *Yumi se vira* Não se preocupe, eu só fiquei um pouco abalada, sabe... não é todo dia que vejo uma coisa assim...
[04:18] Leo Tsukasa: (eu que invoquei)
[04:18] Leo Tsukasa: Nem eu! Hahaha...
[04:19] ** NPC: Yumi: Você... pretende fazer coisas ruins com elas?
[04:19] Leo Tsukasa: Não, nada disso!
[04:19] Leo Tsukasa: "Só se tentarem fugir!"
[04:19] Leo Tsukasa: Eu vou "convencê-las".
[04:19] Leo Tsukasa: "Violeta, dá uma parada ai."
[04:20] ** NPC: Violeta: *diminui o ritmo*
[04:20] Leo Tsukasa: Não vou matar nem nada.
[04:20] ** NPC: Yumi: Mas sabe...
[04:20] Leo Tsukasa: "Em primeiro momento."
[04:22] ** NPC: Yumi: Mesmo que... você seja malvado, eu... *Yumi junta as mãos, que seguravam uma sacola cada* Você é gentil comigo... m-menos quando usa aquele feitiço... *ela parece envergonhada* Sabe, não precisa usar ele em mim... eu não iria te rejeitar, Leo-kun..
[04:23] Leo Tsukasa: "!"
[04:23] Leo Tsukasa: Sério mesmo?
[04:24] ** NPC: Yumi: V-Você mesmo disse que eu era sua noiva, então... *vermelha*
[04:24] ** NPC: Violeta: *para de vez*
[04:24] Leo Tsukasa: E eu não estava brincando. *beija Yumi*
[04:26] ** NPC: Yumi: Le-mf.. *Yumi fecha os olhos e o beija em seguida, soltando as sacolas e apoiando as mãos no peito do rapaz.*


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.