AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

[SdJ] Leo Tsukasa em RAL Gensoukyo! (Parte 12)

Décima segunda sessão, e o começo de nosso desespero!



[13:39] «!» Chegando à Vila Amish, todos se separaram. Tsukasa correu com Kaki para uma clínica, Mitsuko e Alvero ficaram mais atrás, Anyah, Yumi, e Cho seguiram até uma pousada. Yam ainda estava indeciso com o que iria fazer agora que havia chegado em uma nova e bem diferente vila.
[13:40] Leo Tsukasa: "Preciso achar Yumi..."
[13:41] Leo Tsukasa: (quantas hospedarias tem ai?)
[13:42] «!» (Hábitos da vila Amish! http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=lOfZLb33uCg)
[13:42] Leo Tsukasa: (jizuis, de novo não)
[13:42] «!» (elas foram procurar)
[13:43] «!» (é grandinho até, o lugar)
[13:43] Leo Tsukasa: (e agora tem anuncio que não pode pular!
[13:43] «!» (só uns segundos)
[13:45] «!» Tsukasa sai da clínica procurando por Yumi, até que é abordado por um outro velho.
[13:45] ** NPC: ???: Forasteiro? *o velho olhava Tsukasa da cabeça aos pés, provavelmente procurando por sinais de magia*
[13:45] Leo Tsukasa: Por que a pergunta?
[13:46] Leo Tsukasa: (Al Yankovic é doido, mas como só tem Amish nos states, não deve dar problema aqui)
[13:46] ** NPC: ???: Porque forasteiros costumam não respeitar os costumes dessa maravilhosa vila.. *o velho leva uma mão ao queixo, ainda fitando o rapaz*
[13:47] Leo Tsukasa: Que costumes?
[13:47] ** NPC: ???: (eu nem conheço o cara, só coloquei amish song no youtube pra procurar alguma musiquinha pra essa vila :lol:)
[13:47] Leo Tsukasa: (hahaha, logo essa é foda)
[13:48] Leo Tsukasa: (vão ficar achando que é a vila dos Crazy Amish)
[13:48] ** NPC: ???: Não usar magia nem dispositivos eletrônicos.
[13:49] Leo Tsukasa: Pareço estar usando alguma coisa desse tipo?
[13:49] ** NPC: ???: Nunca se pode confiar nas aparências, garoto. *o velho o encara novamente e se afasta*
[13:50] Leo Tsukasa: Gente esquisita...
[13:51] «!» Tsukasa continua andando para o ponto onde todos se separaram, e encontrou Yam que ainda estava ali.
[13:51] Leo Tsukasa: Garoto, viu Yumi?
[13:53] Yam: Hoooh... *ficou olhando ao redor, com as mãozinhas pra trás do corpo, oscilando nos pés pra frente e pra trás* Mm? Ah, não... não ainda. *franziu a sobrancelha, observando o garoto com atenção*
[13:54] Leo Tsukasa: Você pelo menos sabe de quem estou falando?
[13:55] Yam: A jovem Kaki está bem? *sorriu mexendo apenas a boca, mas mantendo as sobrancelhas franzidas*
[13:55] Leo Tsukasa: Ficará, assim que sairmos daqui.
[13:56] Yam: Ouvi dizer que você mata os outros. Por que faz isso? *segurou uma mão com a outra*
[13:56] Leo Tsukasa: Eu? Até hoje só matei para me defender.
[13:56] Leo Tsukasa: Pelo que me lembro.
[13:56] Leo Tsukasa: E para proteger alguém que amo.
[13:57] Yam: Mmmm... *virou o rosto de lado, observando-o como se estivesse na horizontal* Conheço a Yumi sim, mas não sei onde ela está. Quer procurá-la?
[13:57] Leo Tsukasa: Essa é a ideia.
[13:58] Leo Tsukasa: *recomeça a busca*
[13:58] Yam: Você primeiro. *apontou pro lado oposto, e passou a segui-lo mais atrás*
[14:00] «!» Tsukasa e Yam começam a procurar pela garota mais a frente, de olho em lugares que poderiam ser pousadas. Algum tempo depois, veem a mesma correndo até eles.
[14:01] ** NPC: Yumi: Leo-kuun! *Yumi vinha acenando, até se aproximar* Ah, e você... *ela olha o garotinho com atenção* Desculpe, não pude me apresentar antes. Meu nome é Yumi, e o seu? *sorri*
[14:01] Yam: Mamãe me chama de Yam. *sorriu fechando os olhos e abrindo os braços, esperando um abraço*
[14:01] Leo Tsukasa: Mamãe?
[14:03] Leo Tsukasa: *olha para os lados* Cadê ela?
[14:05] Yam: *fez um biquinho por não ter sido abraçado por Yumi, e baixou os braços cansado de esperar* Ela não está aqui agora. Deve voltar depois.
[14:05] ** NPC: Yumi: Eh...? *Yumi parecia confusa, e abraçou o garoto que abria os braços*  ...?   ! 
[14:05] Yam: ! *Foi abraçado quase depois de desistir e ficou feliz* C:
[14:05] Leo Tsukasa: Não lembro de tê-la visto antes...
[14:06] Leo Tsukasa: Yumi, precisamos convesar.
[14:06] Leo Tsukasa: *conversar
[14:06] ** NPC: Yumi: Hahaha... *passa a mão no cabelo dele, e se vira pra Tsukasa novamente* Então Leo-kun, eu encontrei uma pousada! É meio estranha... mas acho que não teremos problemas. Deixei a Cho-chan por lá, e a gata saiu pra algum lugar...
[14:07] Leo Tsukasa: É sobre a Cho que quero falar.
[14:07] Alvero: (Ainda tó com a maga?)
[14:07] Leo Tsukasa: O velho da clínica a quer como pagamento.
[14:07] «!» (sim, alvero)
[14:08] «!» (você e ela ficaram recuados)
[14:08] ** NPC: Yumi: Pagamento...? *Yumi olha desconfiada* E o que pretende fazer?
[14:09] Leo Tsukasa: Não faço ideia.
[14:09] Leo Tsukasa: E não parece que vai ser boa coisa.
[14:09] Leo Tsukasa: Mas a Kaki está com problemas sérios...
[14:09] Yam: *ficou arrodeando o casal com um olhar atento*
[14:10] ** NPC: Yumi: Não podemos simplesmente entregá-la assim... *Yumi parecia um pouco nervosa*
[14:10] Leo Tsukasa: Eu sei.
[14:10] ** NPC: Yumi: Mas que tipo de lugar pediria esse tipo de pagamento!?
[14:11] Leo Tsukasa: Um lugar que as pessoas são capazes de atrocidades piores que as minhas.
[14:11] Yam: *Parou e virou o rosto em 90 graus novamente* Mas você não tinha dito que apenas se defendia?
[14:11] Leo Tsukasa: Sim, matei para defender, mas tortura é diferente.
[14:12] Yam: Ohh... hahaha. *Riu abaixando um pouco a cabeça*
[14:12] Leo Tsukasa: Um tipo de justiça, acho.
[14:12] ** NPC: Yumi: Temos... que ficar juntos, esse lugar parece perigoso...
[14:12] Leo Tsukasa: "Fizemos exatamente o contrário!"
[14:13] Leo Tsukasa: Yumi, sabe como chegar na clínica do barulhento daqui?
[14:13] ** NPC: Yumi: Clínica do barulhento?
[14:13] Leo Tsukasa: O garoto que quase nos deixou surdos.
[14:13] ** NPC: Yumi: Fica longe...
[14:14] Leo Tsukasa: *suspira* Quanto?
[14:14] ** NPC: Yumi: É do outro lado de Kakariko ainda!
[14:14] Leo Tsukasa: "Demoramos bastante pra chegar..."
[14:15] Leo Tsukasa: Se for preciso, farei algo para ajudar Kaki com minha vida.
[14:15] Leo Tsukasa: Darei sangue ou sei lá o que, mas essas pessoas podem se virar contra nós a qualquer segundo.
[14:16] ** NPC: Yumi: ...ela é tão importante assim pra você? *Yumi baixa os olhos, pensativa*
[14:16] ** NPC: Yumi: Talvez...
[14:16] ** NPC: Yumi: Se quiser, eu posso voltar pra lá...
[14:16] Leo Tsukasa: Eu comecei a sentir algo... acho que de tanto falar que ela é minha filha acabei por acreditar nisso.
[14:16] Leo Tsukasa: Hahah, como se nós três... *olha pro céu* fossemos uma famíla...
[14:17] Leo Tsukasa: *família
[14:17] ** NPC: Yumi: Uhn... eu vou voltar pra lá e tentar encontrar o Meru-chan então, ok?
[14:18] Leo Tsukasa: Obrigado.
[14:18] Leo Tsukasa: Leve a Cho também, pode ser perigoso pra ela aqui.
[14:18] Yam: *Nesse meio tempo tinha caminhado uns 15 m e estava sentado recostado em uma parede. Olhava feliz para o lado* Sim, mamãe, estou no caso agora, mas está um pouco confuso. Vou seguir mais um pouco e ver no que dá... não faz sentido certas coisas.
[14:18] Leo Tsukasa: "Nem eu acho isso..."
[14:18] Yam: Uma coisa é certa, porém. A Yumi precisa de mais amor próprio... *coçou a bochecha, olhando pro chão* Mas acho que não dá pra ajudar neste ponto.
[14:20] ** NPC: Yumi: Ela acabou dormindo na hospedaria... não vamos incomodá-la. *sorri* Então até amanhã, Leo-kun, Yam-kun! *Yumi vai até a saída da cidade e desaparece, depois de se despedir de Leo com um beijo e dar outro abraço em Yam*
[14:21] «!» Depois que Yumi vai embora, ambos percebem que já tinha anoitecido...
[14:21] «!» A garota deixou um pequeno mapa desenhado com o caminho que deveriam seguir para chegar na hospedaria.
[14:21] Leo Tsukasa: (ela foi com os outros dois?)
[14:22] «!» (não, sozinha)
[14:22] Leo Tsukasa: (ELA É DOIDA?!)
[14:22] «!» (ela ficou preocupada com a kaki também)
[14:22] Leo Tsukasa: (já to vendo que vou ganhar Protegida Indefesa que Corre para o Perigo)
[14:23] Yam: (Naturalmente é o que costuma acontecer!)
[14:23] Anyah: [desvantagem de 2 pontos .-.]
[14:23] Anyah: [não, o que costuma acontecer é os inimigos mirarem os protegidos indefesos '-']
[14:23] Alvero: *Alvero cansado de esperar os outros, segue para o centro para tentar achar os outros*
[14:24] Anyah: [protegida indefesa sem-noção do perigo (2 pontos)]
[14:24] «!» Alvero e Mitsuko encontram Tsukasa e Yam ainda no mesmo lugar, surpresos com a ação repentina de Yumi.
[14:24] Leo Tsukasa: Saco...
[14:24] Yam: Viu, mamãe, eu disse. *estava olhando meio triste para o local onde ela estava antes*
[14:25] Alvero: --Tem certeza que sua garota vai esta bem sozinha?
[14:25] Leo Tsukasa: "Por que me sinto tão impotente?"
[14:25] Leo Tsukasa: A outra garota está lá fora, pode ser que vá com ela...
[14:26] Alvero: --Se a menina gato estiver com ela, talvez ela consiga ir e voltar em pouco tempo.
[14:26] Alvero: --Levando em conta aquele poder que ela usou para fugir de min.
[14:27] Leo Tsukasa: Que poder?
[14:27] Anyah: *Aparecia repentinamente atrás de Leo* -- Voltei! =^.^=
[14:27] Anyah: *com um 'puf'...*
[14:27] Leo Tsukasa: Eu estaaAAAAH!
[14:27] Leo Tsukasa: *segurando o peito* FILHA DA PUTA, NÃO ME ASSUSTA!
[14:27] Alvero: --!!!Esse poder que eu estava falando.
[14:28] Anyah: -- Por que o susto? '-'
[14:28] Yam: Oh, interessante! Parece o que você faz quando desaparece, mãe. *cochichava*
[14:28] Leo Tsukasa: POR QUE DIGO EU?!
[14:28] Leo Tsukasa: Anda sem roupa e ainda me assusta por nada?!
[14:29] Anyah: -- Não sabia que vocês se assustavam tão fácil... u.ú
[14:29] Leo Tsukasa: *facepalm*
[14:30] Anyah: -- Mas então... '-' O que aconteceu enquanto eu estava fora? ^^
[14:30] Leo Tsukasa: Agora que estão todos juntos posso falar.
[14:30] Leo Tsukasa: O velho da clínica quer a Cho como pagamento.
[14:30] Anyah: -- Só isso?... .-.
[14:31] Alvero: --E você aceitou pelo visto, já que Kaki não está com você.
[14:32] Leo Tsukasa: Pedi pra Yumi procurar pelo médico do outro dia.
[14:32] Anyah: -- Cho é aquela menina-monstro, neh?
[14:32] Leo Tsukasa: Assim que ela o trouxer, vamos embora daqui.
[14:32] Leo Tsukasa: Sim.
[14:32] Anyah: -- Ela está adormecida na estalagem ^^ Ou estava quando eu me separei da menina do bolo '-'
[14:33] Anyah: -- É só a gente ir lá e pegar ela '-'
[14:33] Leo Tsukasa: Você viu as coisas que saem dela?
[14:33] Leo Tsukasa: E eu tenho certeza que vi algo parecido com aquele nome em algum lugar...
[14:34] Anyah: -- Tah com medinho?... ;P
[14:34] Leo Tsukasa: Eu não sei do que ela é capaz e nem acredito que possamos domá-la.
[14:36] Alvero: --Ela parece apegada à Yumi, e acho que ela iria tentar ir atrás da sua noiva de qualquer forma possível.
[14:36] Anyah: -- Domar é parecido com domesticar... :. *Arrepio* [eu estava com eles quando entraram no 'consultório', quando chegamos na vila, neh? '-']
[14:36] «!» (não)
[14:36] «!» (você foi com a yumi e a cho pra hospedaria)
[14:36] Anyah: [sim... é que deu a entender que a gente foi até o consultório e depois fomos para a hospedaria '-']
[14:37] Anyah: [por isso minha dúvida ^^"]
[14:37] Anyah: -- Bom, ela adora bolo... A gente pode alimentar ela ^^ Ela deve ficar mais dócil... Eu ficaria se me dessem bolo =*-*=
[14:37] Leo Tsukasa: E outra coisa, esse lugar é bem estranho. Temos que ficar juntos até sairmos daqui.
[14:38] Leo Tsukasa: Eu vou ficar de olho na Kaki e, vocês, na Cho.
[14:38] Alvero: --E tem certeza que pode fazer isso sozinho?
[14:39] Leo Tsukasa: Só posso tentar.
[14:40] Anyah: *Sentava-se no chão em posição felina, olhando para eles, depois de ter sido ignorada, balançando a cauda nervosamente. Na posição que estava, os dois poderiam ver que ela não estava usando nada por baixo do kimono se olhassem para ela...*
[14:41] Leo Tsukasa: (eita vontade de chamar uns tentáculos...)
[14:41] Alvero: *Alvero estava se preparando para ir a estalagem mas antes olha para todos ali, pensando se ia caber todos na estalagem da vila quando vê a garota gato*---....
[14:41] Alvero: --Já não passamos por isso hoje?
[14:42] Anyah: *olhava de volta para Alvaro...* -- Pelo que? o.õ *sem entender*
[14:42] Leo Tsukasa: ?
[14:42] Alvero: --Suas roupas garota doida.
[14:42] Leo Tsukasa: *olha* !
[14:42] Anyah: -- Estou com elas... u.ú *mostra o kimono*
[14:42] Anyah: -- Como a menina do bolo mandou eu ficar...
[14:42] Yam: Por que as pessoas se cobrem, mamãe? *pôs um dedo na boca em tom de dúvida*
[14:42] Alvero: --Não adianta usar kimono se não tiver roupa de baixo.
[14:43] Anyah: -- "Roupa de baixo"? .-. sapatos? Não preciso... u.ú Acostumada a andar descalça...
[14:44] Leo Tsukasa: *abaixa e coloca o dedo indicador nas intimidades dela* É pra evitar isso que se usa roupa de baixo!
[14:44] «!» Eles não perceberam, mas um estranho aglomerado de pessoas se juntava ao redor deles.
[14:44] Alvero: --Se fosse uma mulher eu até acho que pensaria duas vezes antes falar algo, isso se aqui fosse uma vila normal, mas aqui não é e você é uma criança.
[14:44] «!» Parece que viram Anyah se teleportando há algum tempo atrás...
[14:44] Leo Tsukasa: (caralho)
[14:44] Leo Tsukasa: (valeu!)
[14:45] ** NPC: ???: INFRATORES!
[14:45] Anyah: -- Sério! Não estou entendendo a confusão de vocês... Vamos logo! u.ú *Se levantava e virava de costas, na direção da estalagem. E via aquele monte de gente...* o.o"
[14:45] ** NPC: ???2: FORASTEIROS! PEGUEM ELES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.