AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

Acho que me perdi - Capítulo 2



- Por favor, Mysci, me vê mais uma garrafa de sake.
Eu tentei, tentei mesmo não sair da rota indicada pela mulher, mas acabei parando aqui assim mesmo. Andar por uma floresta desconhecida sem comida ou água é bem perigoso, então meio que acabei por aceitar dar uma paradinha nessa barraca de lampreias grelhadas. Quando entrei pra pedir "um da casa", fui recebido por uma estonteantemente linda Youkai de asas roxas, tanto nas costas como no lugar das orelhas. Sua voz é fenomenal e suas unhas incrivelmente longas... um tanto assustadoras. Se eu pudesse, tentaria seduzí-la, chamá-la prum cantinho ali no mato...
- Aqui está, Momiji-chan.
É mesmo, esqueci que não estamos sozinhos. Tinha uma Tengu Loba branca e uma Coelha da Lua, sentadas e aproveitando do sake e espetinhos antes que eu chegasse. A Tengu estava muito bêbada, falando coisas desconexas sobre alguma "Aya-dono" e "Hatate-dono", que eu fazia de conta não conhecer; não importasse como ela estava, ainda parecia uma belíssima e fofa garota. Já a Coelha da Lua estava comedida, comia mais do que bebia.
- Então Reisen-san, como foi seu dia? *A atendente começa a falar* - Ainda está na mesma lá em Eientei?
- Sim, estamos racionando tudo por causa da última falha da Tewi. Aquela pirralha imbecil nos fez perder todo o dinheiro que tinhamos numa aposta...
Pelo o que sei, e é bastante coisa, essa "pirralha imbecil" deveria trazer dinheiro, não perder. Viro para a Coelha e começo a falar.
- Er, Usagi-san, tem certeza que não pode ter sido um engano...?
- Engano? *Ela me olha com uma sobrancelha arqueada* - Com certeza foi ela, ainda mais com a "ajuda" da Princesa, que saiu logo em seguida atrás dela. A Mestra ficou possessa, mas não podia fazer nada sobre isso.
Então não é problema meu, melhor pra mim.
- Mas você tem nome, garoto? *A Coelha da Lua continua me encarando, lembrando que eu não me apresentei*
- Ah sim, desculpe, eu estava com tanta fome que acabei esquecendo desse detalhe. Meu nome é Leo Tsukasa, sou de fora da Barreira e "cheguei" ainda hoje, estava perdido na Floresta da Magia mais cedo.
- Um humano perdido que chegou aqui do nada? *Ela se vira, pegando um espetinho e comendo um pedaço de lampreia com calma, engole, e depois volta a falar* - Você já sabe o que tem que fazer?
- Sim: ir até o Templo Hakurei e pedir pra Sacerdotisa me escoltar, caso eu queira sair.
A Tengu finalmente cai no sono; ela estava agarrada em mim o tempo todo. Aproveito e a coloco gentilmente no chão, encostada na parede de madeira da barraquinha.
- Eu ainda não explorei a terra natal dos meus pais, então não pretendo sair daqui nem tão cedo.
- Terra natal... dos seus pais?
- Sim, eu não a corrigi antes, mas eu meio que me considero humano também. Tenho metade de sangue Youkai, mais especificamente Satori.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.