AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

[Sessão de Jogo] Flying for Dummies 01


Postarei aqui as sessões de uma campanha em que participo como jogador. O cenário é Eliond, um mundo criado por mim e por meus colegas, e o sistema usado é OVA Revised (Preview version) (ficha aqui).

Algumas cenas podem ser de "alto risco", mas acredito que não tenha nada muito explícito ou safadéeenho.

[13:44] «!» Eliond, um mundo típico de fantasia medieval, onde a magia se encontra em todos os lugares, com uma fauna e flora rica enquanto que nobres e políticos corruptos brigam por poder nas cidades mais abastadas.
[13:45] «!» Aventureiros de todas as origens fazem sua vida trabalhando para guildas, outros ilegalmente, lutando dia a dia com monstros e dos mais variados vilões.
[13:46] «!» Tudo normal. Ou pelo menos era o que se achava. Tudo isso mudou quando em 1735, um meteoro desceu dos céus na região ao leste de Snaga.
[13:47] «!» Relatos do surgimento de feras antropomórficas, criaturas ficando mais ferozes e crueis começaram a espalhar que nem um incêndio em uma floresta e a população mais afastada dos grandes centros tremiam de medo.
[13:48] «!» Os nobres de cidades mais abastadas ignoravam a súplica dos populares, pois estavam protegidos pela segurança do dinheiro e poder nas grandes cidades...
[13:49] «!» 01 de Setembro de 1973.
[13:50] «!» Kuro, uma aventureira oficial a serviço da Guilda Amazon Slayers foi despachada, junto com um grupo de novatos, em uma quest para investigar o rumor do surgimento de uma besta nos ermos de Ingdale.
[13:52] «!» Tudo ia bem, até um grupo de aventureiros ilegais decidir atacar o grupo de Kuro...e a tal besta provou não ser apenas um rumor, aproveitando da situação e animada com o sangue espalhado no campo de batalha, aproveitou para fazer um 'banquete'.
[13:53] «!» Não se sabe muito bem o que aconteceu depois disso, mas Kuro voltou sozinha para a guilda, corpo cheio de hematomas e feridas...e desmaiou ao alcançar o hall.
[13:54] «!» 10 de Setembro de 1973
[13:55] «!» Kuro finalmente abre os olhos depois de 9 dias, deitada na velha cama de seu quarto da guilda, com os sons de alguém abrindo a porta de seu quarto.
[13:56] «!» http://danbooru.donmai.us/posts/1514175?tags=maid
[13:56] «!» >>
[13:58] <Kuro> Um pouco tonta, abrindo os olhos e tentando discernir a familiaridade do teto, escuta a porta e tenta falar algo. “Quem...?” >
[14:00] ** NPC: <????> Um sorriso se forma no rosto da jovem Kemono de cabelos negros."Acordou? ELA ACORDOU, VANILLA, CHAME RUBY!"
[14:01] ** NPC: <Vanilla> "S-sim!" Vanilla se espanta com a exaltação de sua amiga e logo se põe a correr, seus passos ecoando pelo corredor.
[14:02] «!» A kemono de cabelos negros não consegue esconder a alegria e lágrimas de seu rosto e logo corre em direção a Kuro, pulando em seus braços.
[14:03] ** NPC: <????> "Bem-vinda novamente, Kuro! Pensei...pensei que você não iria acordar mais...sniff..."
[14:03] ** NPC: <????> >>
[14:05] <Kuro> “Geh!” Sentindo os ossos doerem com o peso, começa a protestar. “Quer me matar, sua doida!?” >
[14:07] ** NPC: <????> "Wawa, oops!" Larga a Kuro depois de ouvir seu protesto. "Estou tão feliz, tava com medo de você...nos abandonar também." Fala enquanto enxuga as lágrimas do seu rosto com uma das mãos.
[14:07] ** NPC: <????> >>
[14:08] <Kuro> “"Também"? O que foi que houve?” Começa a se sentar na cama.* “Me mandaram... pra algum lugar?” >
[14:10] ** NPC: <????> "Não...depois de como você voltou e ninguém mais do seu grupo apareceu...o pessoal da guilda começou a brigar..."
[14:13] ** NPC: <????> "Quase todos novatos abandonaram a guilda com medo do que aconteceu...os veteranos brigaram com Ruby, a acusando de enviar você para uma missão suicida, outros te culparam..."
[14:13] ** NPC: <????> "A guilda...está morrendo..." Ela baixa a cabeça, triste.
[14:15] <Kuro> "Ah... missão suicida... Que missão suicida?" Passa a mão na cabeça e sente alguns galos juniores se desfazendo. "Ai! Ei, acho que to lembrando... O que houve lá? O que aconteceu com as outras pessoas?" >
[14:18] ** NPC: <????> "Todos...morreram...exceto você. Alguns veteranos foram ao local e só encontram...restos..." Kuro sente a kemono se arrepiando de medo.
[14:18] «!» >>
[14:21] <Kuro> "Todos... Isso pode render alguns problemas." Se levanta e começa a dar pequenos passos para testar a estabilidade do corpo. Olha para a Kemono que, provavelmente, se chamava Chocolla, e começa a fazer cálculos sobre o que teria de fazer a partir de agora. "Ainda temos alguém do nosso lado?" >
[14:24] ** NPC: <????> "Oh? Vejo que já está de pé...até eu depois de uma recepção calorosa de Chocolla." Uma mulher de aparência voluptuosa chega no quarto.
[14:24] ** NPC: <????> http://img854.imageshack.us/img854/5858/qosc.jpg
[14:25] ** NPC: <Chocolla> "Ruby! " Chocolla corre para abraçar a líder da guilda.
[14:25] «!» >>
[14:29] <Kuro> "É preciso mais do que um monstro gigante e um grupo de ladrões pra me matar." Dá uma estufada no peito, mas logo sente algumas dores ali. "As coisas estão indo pro cacete? Foi o que a Chocolla disse." >
[14:31] ** NPC: <Ruby> "Chocolla, vá ajudar Vanilla e traga algo bem delicioso para Kuro aqui."
[14:31] ** NPC: <Chocolla> "Sim!  " E dispara pela porta, feliz.
[14:32] «!» Ruby espera Chocolla se afastar um pouco e começa a falar.
[14:34] ** NPC: <Ruby> "Sim, é do jeito que ela diz." Um breve suspiro... "Esses dias foram meio caóticos. Brigas e pessoal abandonando a guilda em massa."Kuro pode notar um olhar triste e cansado no rosto da mulher.
[14:34] «!» >>
[14:36] <Kuro> "Hmm... Acho que é o mais certo a se fazer depois do que espalharam. Pelo menos é o que eu faria se não tivesse nenhum vínculo forte aqui." Dá um sorriso para Ruby. "Quer dizer que vocês vão precisar começar de novo?" >
[14:40] ** NPC: <Ruby> "Sim. Com você, só temos mais duas novatas sobrando. Fora que um grupo criminoso se aproveitou de nossa fraqueza e  roubou nossos membros." Ela responde, um ódio palpável surgindo em seu rosto.
[14:40] ** NPC: <Ruby> "Maldita Nação de fogo."
[14:41] «!» >>
[14:46] <Kuro> "Eeeeeehh!?!" Faz uma pose de "Shock!", surpresa com o impacto que sua guilda sofrera. "Pe-pera, três pessoas?! Sério mesmo!? E Nação do Fogo envolvida?!" Senta no chão, desanimada. "Parece que caí numa novela mexicana... De novo." >
[14:50] «!» "Sim...temos que recrutar mais pessoas urgentemente. Entã- "Ruby é interrompida com a chegada de Chocolla e Vanilla, com bandejas em mãos.
[14:50] ** NPC: <Ruby> "Sim...temos que recrutar mais pessoas urgentemente. Entã- "Ruby é interrompida com a chegada de Chocolla e Vanilla, com bandejas em mãos.
[14:51] ** NPC: <Ruby> "Bem...vou deixar você se recuperar, deve estar com fome, não? Passe no quest counter mais tarde." E sai do seu quarto.
[14:51] «!» -----
[14:52] «!» 30 minutos depois...Kuro está de barriga cheia e se lembra do pedido da líder da guilda...
[14:52] «!» >>
[14:53] <Kuro> Sentada no chão e com a barriga estufada, fazendo pouco esforço para não ficar enjoada e ainda com o palito no dente Kuro vai até o Quest Counter checar o que Ruby queria. Se despede da dupla de maids antes de sair, pensando se aquele tarado de sempre apareceria para assedia-las naquele dia também. >
[14:59] ** NPC: <Ruby> "Bem...eu sei que é difícil e cedo ainda...mas a guilda está precisando de recursos e mais gente. E recebi alguns rumores hoje cedo."  Ruby pega um caderno de anotações e abre na mesa.
[14:59] «!» >>
[15:03] <Kuro> "Bom, eu ainda to sentindo algumas coisas, mas acho que posso aguentar conversar um pouco." Apoia seu machado no ombro direito e pronta para qualquer coisa. "Quais rumores, posso saber?" >
[15:03] <Kuro> "Se foi sobre aquele garoto do mercado eu já expliquei: foi a haste do machado que passou na bunda dele, não foi por querer." >
[15:05] ** NPC: <Ruby> "Não, não, queria que só fosse isso o problema."Ruby dá uma gargalhada. "U-hum...Johem, um ferreiro famoso de Wyedale, se mudou para Ingdale."
[15:07] ** NPC: <Ruby> "Com os boatos do surgimento de Feras Mágicas causando um alvoroço no mundo todo, Ingdale estava movimentada demais, e ele trabalhando sem parar, negando até a família."
[15:08] ** NPC: <Ruby> "Até que ele cansou e decidiu dar um 'basta'. Abandonou seu emprego de ferreiro e decidiu ser carpinteiro em uma cidade mais pacífica, Ingdale. Eu até tentei recrutar ele para a guilda, mas ele negou, dizendo que ia tomar conta da família e coisas do tipo."
[15:10] ** NPC: <Ruby> "Só que bandidos, de acordo com testemunhas oculares, trajando roupas similares da Nação de Fogo, sequestraram sua filha nessa manhã...e partiram para a floresta Vinesil."
[15:11] ** NPC: <Ruby> "E é aí que a gente age!"  Ruby balança a cabeça, animada.
[15:11] «!» >>
[15:13] <Kuro> "Hmm..." Leva a mão livre ao queixo. "E como eu vou convencer que ele se junte a nós? Só resgatar a filha não vai ser o suficiente, acho." >
[15:16] ** NPC: <Ruby> "Mas temos que recomeçar de algum lugar...e a floresta é um ótimo lugar para reabastecer nosso estoque."
[15:16] «!» >>
[15:17] <Kuro> "É, plausível. Tem algum mapa?" Ajeita o machado no ombro. >
[15:20] ** NPC: <Ruby> "Tenho um guia que pode levar vocês para lá. Oh, quase ia me esquecendo...as novatas também conhecem um pouco da área. Chocolla, Vanilla! Tragam Luna e Meiya para o quest counter!" As kemonos correm em direção ao quarto das novatas.
[15:21] «!» >>
[15:23] <Kuro> "Guias são úteis, mas da outra vez um quis levar o meu colchão enquanto eu dormia..." Tenta se lembrar dos nomes para saber se já ouviu falar das duas antes. "Como elas são, Ruby?" >
[15:28] ** NPC: <Ruby> "Meiya é uma elfa negra...espadachim, eu acho, da cidade de Mohill, não gosta de conversar muito...e temos Luna, uma elfa bruxa, acho que ela só ficou na guilda ainda por causa dos meus peitos. Oh, elas já chegaram."  A líder da guilda aponta na direção delas. Aponta para as duas garotas chegando no quest counter.
[15:30] ** NPC: <Meiya> "Ruby-sama..."Meiya faz uma reverência exagerada. "Você seria...Kuro-senpai?" Vira o olhar para o Kuro, o rosto inflexível.
[15:30] «!» >>
[15:31] <Kuro> "Yo." Faz um aceno qualquer. "Espero que não seja chegada em yaoi." >
[15:35] ** NPC: <Luna> "Você é a Kuro, né?" Luna chega mais perto de Kuro e a analisa minunciosamente. "Hmm..." Seu olhar para nos peitos de Kuro."8 de 10."
[15:35] «!» >>
[15:36] <Kuro> Levanta uma sobrancelha, desconfiada, abaixando levemente o cabo do machado para tentar se defender caso ela pule. "Yo. E pra que a nota?" >
[15:40] ** NPC: <Ruby> "Não disse?" Um sorriso surge no rosto de Ruby. "Ela me deu 10...Hmm, de qualquer modo, vocês vão acompanhar Kuro hoje, em uma missão de resgate."
[15:41] ** NPC: <As duas garotas> "Afirmativo."
[15:42] ** NPC: <Ruby> "Bem, o condutor da carroça já está disponível, é bom partirem agora para chegar pelo menos de tarde. Não que vocês elfas tenham muito problema no período de noite..."
[15:43] «!» >>
[15:46] <Kuro> Começa a pensar "Podia ter sido uma charrete..." "Certo, vamos lá. Se já encheram o bucho, vamos partir logo de uma vez e espancar aqueles miseráveis." >
[15:48] «!» (Se quiser conversar com alguma npc, tem a oportunidade agora, se não, TL;DR- e estão na floresta )
[15:49] <Kuro> "Então, Meiya... por que esse nome?" >
[15:52] ** NPC: <Meiya> "Signifca 'Noite Negra' em Jafan." Ela responde brevemente.
[15:52] ** NPC: <Luna> "Ela é meio enrustida mesmo, liga não".  Comenta Luna.
[15:52] «!» >>
[15:53] <Kuro> "Falando nisso, e você, Luna? Tem algum perigo de você virar uma 'garota-fera' do nada e nos atacar?" >
[15:55] ** NPC: <Luna> "Admito que tentei pegar você enquanto estava dormindo esses dias, mas as malditas maids estavam fazendo uma vigília cerrada. Tch." Retruca Luna, um pouco de raiva em seu olhar.
[15:55] «!» >>
[15:56] <Kuro> "Conhece algum monstro dessa floresta, Luna?" >
[16:00] ** NPC: <Luna> "Slimes...vespas gigantes, fungos, aranhas gigantes, coisas do tipo. Há relatos do  surgimento de um tipo de meio-aranha, garota-planta e algo desse porte. Será que são essas féras mágicas que falam tanto por aí?"
[16:00] ** NPC: <Meiya> "..."
[16:00] «!» >>
[16:01] <Kuro> "Oh, muito bom! Agora já sei para o que vou te jogar quando chegarmos lá!  " Faz uma cara feliz, mas era claro os chifrinhos e o rabinho de encapetada irritada com uma tarada tentando pegar ela enquanto não podia se defender. >
[16:04] ** NPC: <Luna> "Cuidado que eu posso acabar gostando! Garota-planta...vinhas...cipós...tentáculos...hehehehe." Luna fica rindo e o rosto cora um pouco, imaginando algo estranho...
[16:05] «!» ---
[16:06] ** NPC: <Condutor> "Chegamos."
[16:06] «!» https://lh6.googleusercontent.com/-KCxNDKLH-gQ/UTy3kwTS_qI/AAAAAAAAlFk/lkUJtKttRDE/s912/3c2c4c483af73c3c5743dd8f2d8e8cdd.png
[16:08] «!» Já era de tarde e os raios de sol passavam timidamente entre as folhas...
[16:08] «!» >>
[16:09] <Kuro> Salta da carroça, observando os arredores. "Alguma informação de onde eles estão ou vou precisar farejar o chão como uma cadela?" (Teste de Geography?) >
[16:11] ** NPC: <Meiya> "Creio que seja a última opção."Meiya salta da carroça, sua mão esquerda de prontidão em sua Katana.
[16:11] ** NPC: <Luna> "Hora da diversão!"Desce da carroça também.
[16:13] «!» Quest log updated!
[16:14] «!» Teste de geografia, Kuro, DN 4
[16:15]   Kuro rolou 4d6= 12 {[3, 4, 2, 3]}
[16:17] «!» O trio entra no caminho da floresta e Kuro observa que em um determinado ponto, várias pegadas e restos de algo que parece ser uma geléia azul, afastam da rota principal e adentram a floresta.
[16:18] «!» >>
[16:19] <Kuro> "Uma provável sub-quest..." "Olha, tem alguma coisa indo para lá." Aponta para o que achou, após atrair a atenção das outros duas. >
[16:21] ** NPC: <Luna> "Hmm..." Luna pega um pouco da geléia azul e esfrega em seus dedos. "Slimes...podem valer alguns RP, vamos?"
[16:22] «!»  [TUTORIAL] RP = Resource Points, podem ser requisitos de subquests e podem ser usados para converter em dinheiro em npcs e similares. Geralmente são partes de monstros e similares inúteis nas mãos de um aventureiro, mas os npcs adoram...
[16:22] «!» >>
[16:23]   Resource Points de Kuro: +0/+40
[16:24] <Kuro> "Se é assim, pode ser útil." Começa a seguir pelo caminho, mantendo a tarada atrás mas sempre de olho aonde as mãos dela estavam. >
[16:28] «!» O trio adentra a 'mata' fechada, seus corpos esfregando em galhas e folhas ao longo do caminho, evitando tropeçar em galhos perdidos e afins, até que avistam logo a frente uma clareira.
[16:28] «!» https://lh3.googleusercontent.com/-gHfxcnFk7qk/UTy5tikg1pI/AAAAAAAAlZM/VUMS4CoICVA/s640/BK12B.png
[16:29] ** NPC: <?????> "Aah...aah...S-SOCORRO."
[16:30] «!» Uma garota estava sendo encurralada pelo que parecia ser 4 slimes, só que um deles parecia misteriosamente mais sinistro. Uma aura de maldade parecia emanar daquele corpo gelatinoso...e estava avançando na pobre garota...
[16:31] «!» (Se quiser atacar de surpresa, teste de furtividade contra percepção dos slimes)
[16:31] «!» (Arte da invisibilidade...etc)
[16:31] «!» https://lh6.googleusercontent.com/-CSlG3Kyj6SU/UDfDZJ0mmVI/AAAAAAAAkg0/cnUj9wbOlDM/s84/Slime.png
[16:32] «!» >>
[16:33] <Kuro> (Surpresa com Geography no lugar de Invisibility)
[16:33]   Kuro rolou 4d6= 13 {[4, 5, 2, 2]}
[16:34]   Nulo rolou 3d6= 5 {[2, 2, 1]}
[16:34]   Nulo rolou 3d6= 12 {[2, 5, 5]}
[16:35]   Nulo rolou 3d6= 10 {[2, 5, 3]}
[16:35] «!» (Party Members)
[16:35]   Nulo rolou 2d6= 5 {[3, 2]}
[16:35]   Nulo rolou 4d6= 12 {[3, 3, 5, 1]}
[16:37] «!» (Kuro, Meiya, Slime 2 e 3 tem direito a ações nesse turno, Slime 1 Indefeso - Slime elite ta mais longe e nem liga)
[16:37] «!» Kuro's Turn!
[16:43] «!» Kuro corre em direção ao slime mais afastado e quando está prestes a descer o machado, Slime 2 pula no caminho.
[16:43] <Kuro> Kuro não espera muito mais e avança contra o Slime mais afastado, pronta para usar seu machado contra ele. Seu ataque começa e termina rapidamente. >
[16:43]   Kuro rolou 6d6= 20 {[3, 5, 4, 2, 2, 4]}
[16:44]   Nulo rolou 4d6= 11 {[3, 3, 1, 4]}
[16:44] <Kuro> (20 del dano?)
[16:45] «!» (12...ele tem armored x 2)
[16:46] «!» Kuro desce o machado com força no slime, mas seu corpo gelatinoso absorve um pouco do impacto.
[16:47] «!» Meiya aproveita que o slime 1 está atordoado e saca sua Katana, correndo em direção do infeliz.
[16:47] «!» (Assassinate)
[16:47]   Nulo rolou 6d6= 19 {[2, 1, 5, 1, 4, 6]}
[16:48]   Nulo rolou 1d6= 3 {[3]}
[16:48] «!» (15 de dano)
[16:49] «!»  O golpe é rápido e feroz, mas o corpo líquido do Slime parece amortecer parte do impacto.
[16:50] «!» Slime 3 se vira e avança em direção da Kuro.
[16:51] «!» (Pound)
[16:51]   Nulo rolou 4d6= 7 {[4, 1, 1, 1]}
[16:51]   Kuro rolou 4d6= 14 {[4, 4, 5, 1]}
[16:51] <Kuro> Joga o machado na frente do golpe, se defendendo na hora. >
[16:53] «!» O slime de aura sinistra começa a englobar a garota, prendendo seus braços e jogando o peso de seu corpo gelatinoso nas costas da infeliz.
[16:53] «!» http://gelbooru.com/index.php?page=post&s=view&id=1241430
[16:54] ** NPC: <?????> "Ajuda, por favor!"  A garota grita, suplicando por ajuda.
[16:54] «!» Turno da kuro
[16:55] <Kuro> Deixa aquele Slime para Meiya e parte para o grandalhão, preparando seu golpe mais forte. (Aguardando 1 turno) >
[16:56] «!» Meiya está decidida a liquidar o slime que atacou anteriormente e o ataca com sua Katana novamente.
[16:56]   Nulo rolou 5d6= 22 {[4, 6, 4, 3, 5]}
[16:56]   Nulo rolou 3d6= 11 {[2, 5, 4]}
[16:58] «!» O slime sofre o corte e se desfaz no chão, em uma poça de "geléia azul'.
[16:59] «!» Slimes 2 e 3 se viram e miram Kuro.
[16:59]   Nulo rolou 4d6= 8 {[3, 1, 1, 3]}
[16:59]   Nulo rolou 4d6= 16 {[3, 5, 3, 5]}
[16:59]   Kuro rolou 4d6= 14 {[6, 3, 3, 2]}
[16:59]   Kuro rolou 4d6= 15 {[3, 1, 6, 5]}
[17:00] «!» Kuro consegue se esquivar de um dos slimes, mas o outro a acerta com força, condensando parte de seu corpo e usando como 'clava'.
[17:01] «!» (-12 de dano)
[17:01]   Health de Kuro: -12
[17:02] «!» Luna termina de entoar sua magia e um círculo mágico surge embaixo do slime 2. "Earth Spike!"
[17:03]   Nulo rolou 6d6= 27 {[5, 1, 6, 5, 6, 4]}
[17:03]   Nulo rolou 3d6= 14 {[3, 5, 6]}
[17:04] «!» A estaca de pedra vara o slime, que se desfaz em uma poça na hora.
[17:05] «!» O slime elite está englobando a garota cada vez mais e mais...que nada pode fazer além de se debater inutilmente...
[17:05] ** NPC: <?????> "SOCORRO!"
[17:06] «!» Kuro's Turn
[17:09] <Kuro> (Gasto 2 Drama Dice = -10 End) Kuro se concentra o suficiente para carregar seu quase golpe final, salta contra o Slime Elite e libera a energia, tomando cuidado para não atingir a garota naquele turbilhão de poder. "Demon Strike!"
[17:10]   Kuro rolou 7d6= 21 {[5, 1, 2, 1, 2, 4, 6]}
[17:10]   Endurance de Kuro: -10
[17:10]   Nulo rolou 4d6= 15 {[4, 4, 3, 4]}
[17:10] <Kuro> (tanto drama pra nada)
[17:10] «!» (Alvero está entre nós)
[17:13] «!» Kuro salta e tenta desferir seu golpe mais poderoso que bate no Slime, mas...o corpo gelatinoso repele seu machado como se fosse nada.
[17:13] «!» Meiya e Luna decidem focar no slime menor restante.
[17:14]   Nulo rolou 5d5= 17 {[2, 2, 5, 4, 4]}
[17:14]   Nulo rolou 6d5= 17 {[1, 2, 2, 5, 2, 5]}
[17:14]   Nulo rolou 3d6= 13 {[4, 5, 4]}
[17:14]   Nulo rolou 3d6= 17 {[6, 6, 5]}
[17:14] «!» (Alvero...)
[17:15] «!» E o slime se desfaz na hora e desliza longe do alcance dos ataques.
[17:19] «!» O slime elita faz brotar de seu corpo o que parecem ser mãos... que deslizam pelas pernas da garota até encontrarem sua virilha, e então escorrem pra dentro da intimidade da garota...
[17:21] ** NPC: <?????> "O que é essa sensação quente...AUGH! " O slime se acostuma com a forma do interior da garota e 'condensa', formando um apêndice cilíndrico e penetrando na garota sem dó.
[17:21] ** NPC: <?????> "Aaaaah!"
[17:21] «!» "Kuro's turn!"
[17:24] <Kuro> "Mas que merda é essa?!" Desiste de usar golpes OHKO e dá um único golpe no que seria as "costas" do Slime Elite, talvez o distraísse por tempo o suficiente para que resgatassem a garota.
[17:24]   Kuro rolou 6d6= 14 {[3, 4, 3, 1, 2, 1]}
[17:24]   Nulo rolou 4d6= 11 {[2, 2, 3, 4]}
[17:26] <Kuro> >
[17:26] «!» (passou 2...logo...6 de dano)
[17:27] «!» O golpe é o suficiente para chamar a atenção do slime elite, que faz surgir apêndices em forma de lança, visando sua agressora.
[17:28] «!» Meiya e Luna tentam novamente atacar o slime menor restante.
[17:28]   Nulo rolou 5d6= 23 {[6, 2, 6, 3, 6]}
[17:28]   Nulo rolou 6d6= 21 {[3, 3, 5, 3, 1, 6]}
[17:28]   Nulo rolou 3d6= 8 {[3, 2, 3]}
[17:28]   Nulo rolou 3d6= 17 {[6, 6, 5]}
[17:29] «!» O ataque de Meiya é o suficiente para acabar com o slime menor...
[17:29] ** NPC: <Meiya> "Agora o maior."
[17:30] «!» O slime gigante para de atacar a garota e dispara suas "lanças" em Kuro.
[17:30]   Nulo rolou 4d6= 15 {[2, 4, 4, 5]}
[17:30]   Kuro rolou 4d6= 17 {[1, 6, 5, 5]}
[17:31] <Kuro> Bloqueia as lanças com a lateral do machado, recuando um pouco por causa da força usada pelo vilão. >
[17:32] «!»  Já é possivel notar traços de sangue se misturando com  o corpo gelatinoso do Slime Elite, anunciando a perda da virgindade da garota...
[17:32] «!» Kuro's turn
[17:37] <Kuro> (Kamikaze Attack) "É agora ou nunca: caralho do Alvero!" Num surto de raiva Kuro joga toda a prudência pro alto, mira nas costas ou core do Slime Elite e investe contra seu alvo usando toda a raiva que acumulou com a frustração que aquele monstro lhe rendia.
[17:37]   Kuro rolou 12d6= 46 {[5, 5, 6, 4, 5, 6, 1, 3, 1, 6, 1, 3]}
[17:37] «!» (Chêssus...)
[17:38]   Nulo rolou 4d6= 11 {[2, 1, 5, 3]}
[17:39] «!» Culpando Alvero, Deus do azar, por sua má-sorte, Kuro investe com tudo no slime elite que não estava esperando tamanha fúria, recebendo um corte fenomenal do machado  e se desfazendo na hora.
[17:41] «!» A garota cai de bruços na poça...agora gelada...
[17:41] «!» -------
[17:42] «!» Fim da sessão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.