AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

Ilusore - Cenário

Ia usar esse pedaço de Eliond pra narrar um pbf de Merda & Marasmo Mutantes & Malfeitores mas a coisa não foi pra frente. Várias pessoas que leram o cenário gostaram do que viram e só uns poucos me relataram isso, me pedindo para usa-lo e talz.



[ Cenário criado randomicamente pelo site http://donjon.bin.sh/ ]

Mundo: Eliond
Região: Ilusore
Ano: 1735 DC

Resumo
Três reinos coexistem pacificamente: Akrad, lar dos Elns; Selt, lar dos Bestos; Oruja, lar dos Monstros. Tudo estava em relativa paz até a chegada de um Sábio que portava a Adaga do Dragão, um objeto mágico que dava ao usuário o poder de moldar o mundo ao seu comando. O Sábio disse que não daria a adaga de livre e espontânea vontade pois não gostava de dar vantagem para apenas um reino; ele tinha algo mais sinistro em mente: os três reinos deveriam entrar numa guerra total pela adaga e o vencedor a receberia da mão do próprio Sábio.

A Guerra da Adaga do Dragão iniciou alguns meses após os governantes dos três reinos se reunirem e discutirem como deveriam proceder com essa proposta: Oruja se manteve neutro, enquanto que Akrad e Selt desejaram o poder da Adaga. Decidiu-se que apenas esses dois reinos lutariam entre si e que Oruja não iria ajudar nenhum dos dois lados. O embate começou uma semana depois nas fronteiras dos dois reinos, soldados e cavalaria se enfrentando com tudo o que tinham, até mesmo Alquimia (uma versão mais fraca da Arcana).

Não se sabe quando ou quem deu a ideia, mas todos os Usuários de Arcana dos reinos foram convocados para participar da guerra. O que se seguiu foi um verdadeiro massacre: dos milhares de Usuários de Arcana que existiam apenas quarenta saíram vivos. Com as forças drasticamente enfraquecidas pela guerra Akrad e Selt trocaram mensagens para iniciar uma trégua e se reconstruírem. Espiões de Oruja interceptaram algumas das mensagens e atacaram o covil do Sábio atrás da Adaga do Dragão.

O grupo que invadiu o local não encontrou resistência: golens de segurança desligados, barreiras mágicas desativadas e quase todas as armadilhas quebradas. Na sala principal do covil foi descoberto o corpo do Sábio, a Adaga do Dragão cravada em seu coração e vários diários. Nestes, o Sábio relatara como ele achou a Adaga após enganar um Espírito, como fez um pacto com um Dragão para dar uma aura falsa ao objeto e como estava feliz em enganar os dois reinos. Outros diários relatavam seus estudos em artes alienígenas, tão insanas que terminaram corroendo sua mente e o levando ao suicídio.

Saber dessa notícia pelos espiões de Oruja foi um grande impacto para Akrad e Selt, mas o verdadeiro golpe foram as exigências dos governantes de Oruja por essas informações: por volta de duzentas a trezentas mulheres, de cada reino, deveriam ser entregues aos mensageiros de Oruja para a formação de um novo reino. Era óbvio que elas seriam usadas para reprodução e teriam seus direitos negados, mas os governantes acharam mais prudente saber o que tinha acontecido do que confiar no que o outro iria dizer caso perguntassem.

O impacto que a vida cotidiana de ambos os reinos sofreu muito com a morte em massa dos Usuários de Arcana, obrigando que todos recorressem aos Alquimistas. As primeiras transações não foram amigáveis mais pelas exigências dos clientes por efeitos dignos de Arcana do que pela inabilidade dos Alquimistas de reproduzir o que era pedido. Foi criada uma instituição para formar novos Alquimistas, algo nunca antes pensado: a Academia das Artes Negras.

Passou-se muito tempo após a Guerra da Adaga do Dragão. O tal reino independente que Oruja disse que ia criar ainda não saiu do papel, e as mulheres doadas nunca mais foram vistas. A paz está para ser ameaçada de novo com o surgimento de misteriosas torres em várias áreas distantes da civilização e rodeadas de vida selvagem. Todos que conseguiram voltar após invadir essas torres disseram que haviam demônios e tesouros, o que capturou a atenção de vários caçadores de tesouros. A Era das Torres começou.

Magia
Arcana é a magia de Ilusore, concedida a certos indivíduos seu potencial sobrenatural é descoberto; os métodos precisos se perderam com o tempo. Esses indivíduos pertenciam a todas as classes sociais, alguns de origem humilde eram contratados por nobres para servir as casas independente de seu poder primário. Alquimia, por outro lado, consiste de métodos mais crus de se utilizar magia: coletar ervas e plantas para fazer poções, estudar a química e as energias sobrenaturais de tudo o que existe, manipular essas energias e criar efeitos incríveis; Alquimia sempre esteve relegada a algo mais fraco do que Arcana por ser acessível a todos, mesmo que seus efeitos chegassem perto dos que os Usuários de Arcana eram capazes de produzir. 

3DeT:  Em termos mecânicos, Usuários de Arcana podem usar magias de qualquer custo, enquanto que Usuários de Alquimia podem apenas usar magias com custo de até 10 PMs.
Microlite20: Em termos mecânicos, Usuários de Arcana são Feiticeiros que podem chegar ao nível 20, enquanto que Usuários de Alquimia são Magos que podem chegar ao nível 10. 

Raças
Elns - Contração de “Elfs” e “Humans”. Vivem por volta de 90 anos e podem, ou não, ter orelhas pontudas. A guerra reduziu a população masculina drasticamente, resultando numa proporção de seis mulheres para cada homem. Monogamia está ficando cada vez mais rara...

3DeT: Eln (0 pontos); R+1, 2 Especializações gratuitas, Aptidão para Magia Elemental.
M20: Eln get +1 STR, +1 Signature Spell if magic user or +1 Physical if combatant.

Bestos - A raça dos “homens fera”. Vivem por volta de 70 anos e possuem corpos cobertos de pelo mais alguma característica animal; homens-leão, mulheres-gato e gente-cão são comuns entre eles, sendo os alados mais raros e aquáticos inexistentes. 

3DeT: Bestos (0 pontos); R+1, 2 Especializações gratuitas, 2 Sentidos Especiais gratuitos.
M20: Bestos get +1 STR, Night Vision and +3 to agility skill tests.

Monstros - Variam entre objetos animados a Beastos mais animalescos, entre outros tipos de coisa. Vivem entre 60 a 150 anos, sendo o governante alguém que pode extender seu tempo de vida através de métodos que apenas sua família conhece. Alguns podem se reproduzir com Elns e Beastos, sendo completamente aleatória a chance de vir um Eln/Beasto ou Monstro.

Feras - São Monstros sem inteligência alguma, sempre hostis. Nascem de animais ou pessoas que recebem muita Energia Negra, o que transforma seus corpos e manipula suas mentes. Dizem que pode ter alguma força maligna por trás desse fenômeno, mas não há como comprovar isso. São comuns em florestas, cavernas e pantânos.

Golens - Construtos criados por Usuários de Arcana ou Alquimistas. Não variam muito de robôs com inteligência e destreza, leais a seus donos e famílias. Dizem que é possível que existam Golens com aparência de Elns, carne macia e uma provável alma, mas não há relatos de captura ou livros que tratem sobre sua criação que não passem de romances ou mangás.

Dragões - Representantes de toda a força arrogante e poderosa que pode existir num mundo de fantasia. São grandes, poderosos tanto com magia como em artes de luta e também possuem uma forma humanóide para interagir com aventureiros ou vilas afastadas, sempre atrás de alguma pretendente capaz de aguentar um ovo de dragão em seu ventre; os ovos desses Dragões são do tamanho dos de galinha, e seus filhotes tão pequenos quanto um pinto. É raro achar filhotes de Dragões acompanhando garotas em suas vidas de aventuras, mas tendem a abandoná-las quando se casam ou passam a morar e viver como donas de casa.

Demônios - Seres de pura maldade que vivem dentro das Torres. É confuso ver um Demônio pela primeira vez pois alguns não são tão diferentes de Elns, Beastos ou Feras, mas existe uma marca vermelha em suas testas e costas que os diferenciam das criaturas comuns.

Linha do Tempo
1 DC - Cataclisma das Cores.
2 DC - Surgimento dos primeiros Usuários de Arcana.
52 DC - Fundação de Rebrook.
78 DC - Primeiros relatos de surgimento das Feras.
142 DC - Surgimento dos primeiros Alquimistas legalizados.
135 DC - Guerra do Único Mês e morte do General Crudis.
211 DC - Fundação de Landa.
399 DC - Início da Guerra dos Beastos Negros.
401 DC - Fim da Guerra dos Beastos Negros.
402 DC - Fundação de Gabaram.
1595 DC - Início da Guerra da Adaga do Dragão.
1597 DC - Fim da Guerra da Adaga do Dragão.
1735 DC - Dias atuais. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.