AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

[Mini-Cenário] Aedhen

Uma cidade que eu tinha feito para Erthys e que usei em alguns jogos. Não foi totalmente explorada, e pode ser palco de diferentes tipos de histórias, desde aventura com heróis, comédias colegiais ou dramas mexicanos dos mais ordinários.



Aedhen
Fundada por Youkai que queriam se envolver mais com humanos. Na verdade, o lugar estava cheio de ruínas e masmorras diversos, chamadas Dungeons por alguns jovens.
Aedhen é uma pequena cidade, beirando os oito mil habitantes de várias raças e ideologias diferentes. Possui fronteira sul com a Floresta de Prata, noroeste com a Floresta Morta e leste com as Montanhas Ruivas.
Seus habitantes possuem as mais diversas habilidades e conhecimentos que a maioria das pequenas cidades de Erthys, tornando-o um lugar interessante de se visitar.
A arquitetura do lugar lembra bastante uma cidade japonesa ou chinesa medieval transformada em fortaleza e depois tornada uma cidade novamente. Porém, mesmo com a aparência mais militaresca, Aedhen não é o tipo de lugar que aceitaria uma guerra, exceto em casos de extrema urgência e necessidade.
A cidade possui uma muralha fortificada com rondas quase constantes de guardas equipados com armas de longo alcance para reduzir a velocidade de exércitos invasores e monstros muito fortes, até a chegada da milícia ou de algum grupo/indivíduo mais poderoso. Os guardas não irão se envolver em brigas ou violência entre pessoas da área externa, não importa o tipo que seja. Eles foram ensinados a "não se meter em assuntos de além do muro", com a exceção da violência acontecer com membros da família.
Aedhen é governada por um demônio de nome Ashad, fugitivo de um reino destruído pela guerra e que acabou se tornando um diplomata com sua influência. Diferente do que se pode pensar, Ashad trabalha e sempre trabalhou para promover a paz e bem estar dos cidadãos, aceitando a presença de alguns indivíduos em sua mansão. Possui uma aprendiz, Yuuko, que o serve desde quando foi salva pelo homem após falhar na missão de extermínio de Kobolds e terminar capturada por eles. Yuuko é grata a Ashad e o serve até hoje, em todos os tipos de serviços. Outra curiosidade sobre o prefeito é que sua mansão dificilmente possui a presença de empregados ou guardas, que só são contratados quando Ashad acha conveniente ou quer dar uma festa para convidados importantes; o que chega a ser um imã de invasores, que sofrem pesadas consequências assim que são descobertos.

Localidades e Habitantes
Como toda cidade, Aedhen possui habitantes dos mais variados tipos e tamanhos, alguns desses oferecem seus serviços e locais de trabalho para aluguel. Outros desses lugares são as ruínas abandonadas ou a floresta sinistra que ronda o local.


Zylia Norte e Zylia Sul
As duas florestas que cercavam as ruínas e que foram levemente reduzidas para obtenção de madeira e expansão das áreas rurais. A parte Norte é habitada por elfos que preferem viver no meio da natureza e mais perto da vida animal. Também se encarregam de prover madeira e recursos mais abundantes para Aedhen, além de cuidar da flora e fauna local para evitar desperdícios e desmatamento. De vez em quando precisam lidar com Alquimistas e outros tipos de aventureiros que se perdem por ali ou querem ingredientes mais raros, coisa que apenas esses elfos sabem onde achar e protegem para evitar a extinção dessas  espécies. Na maioria das vezes, tratos são feitos para a obtenção desses ingredientes, trocando armas, comida ou mesmo serviços variados. A parte sul é quase que completamente deserta, habitada por poucas criaturas selvagens violentas, como lobos e abutres. Esses animais se reúnem por causa dos "Geradores de Hostilidade", máquinas deixadas pelos antigos habitantes para proteger as ruínas mais antigas do lugar.
Esses Geradores não podem ser desligados definitivamente, apenas suprimidos por algum tempo com o uso das magias focadas em cancelar outras magias. As ruínas escondidas em seu interior são chamadas "Triplo Inferno", por cada uma das entradas levar para uma dungeon elemental diferente, um dos piores e mais irritantes tipos de dungeons existente. Cada uma tem um tema específico: a norte é do fogo, a do leste é do frio e a do sudoeste é da eletricidade, com alta frequência de armadilhas, monstros e salas do elemento escolhido. Além disso, as salas e perigos se refazem a cada semana, reconfigurando os treze andares completamente e recolocando tesouros e equipamentos diversos em salas semi-escondidas. Caso um grupo atinja o final de uma dessas dungeons, precisará voltar andar por andar a pé, pois vários feitiços de alto nível são ativados e impedem o uso de Teleporte, Voo, Transporte e outras magias que facilitariam a fuga,  aumentando a dificuldade quase que exponencialmente.


Kagayaku Kibö Gakuen
A ‘‘Academia da Esperança Brilhante’’, local onde os vários jovens de Aedhen passam a maior parte de  seu tempo estudando e fazendo amizades, ou mesmo vivendo suas vidas comuns. Kakiga-cho, como também é chamada, não possui alojamentos para os estudantes, forçando-os a procurar hospedarias ou a  casa dos pais quando as aulas terminam; mesmo nas férias o prédio fica aberto para os estudantes usarem  seus recursos e passarem o tempo com provas extras ou apenas por diversão.
Uma das coisas que mais chama a atenção nesse lugar é a competitividade entre as salas, como se cada uma  fosse uma Guilda própria. Os Representantes de Sala recebem tarefas e pedidos de professores,  funcionários e até outros alunos e tem a obrigação de realizar esses pedidos, desde que sejam coisas que  não machuquem o orgulho delas ou que sejam ultrajantes; as tarefas são tratadas como "missões", exigindo o trabalho em grupo do Representante com outros alunos, ou nem a presença do Representante é  necessária. O campus conta com três prédios interligados nos andares dois e quatro, com o máximo de  cinco andares. Um prédio é quase que completamente dedicado aos funcionários e professores, chamado  pelos alunos de "Prédio Vermelho". Os outros dois, "Prédio Azul" e "Prédio Verde", são voltados para os  alunos dos antigos Fundamental e do Ensino Médio, respectivamente.


Desejo de Ferro e Bica na Fuça
Duas das tavernas mais famosas de Aedhen, pode-se dizer que são as únicas tavernas da cidade por causa do tamanho ridículo das outras e da quantidade exacerbada de "maus elementos".
Desejo de Ferro fica próxima a Catedral, o que acaba afastando a presença de indivíduos com problemas perante as autoridades locais. É um lugar grande, com três andares e um subsolo para depósito e adega.
O terceiro andar é reservado para os funcionários do lugar passarem um tempo com determinados clientes, seja jogando, conversando ou em apostas diversas.
Bica na Fuça é um pouco menor no quesito andares, mas fica numa área mais distante da Catedral, praticamente ao lado da porta Leste de Aedhen. Com dois andares e um depósito subterrâneo, essa taverna consegue suprir a demanda dos fazendeiros e viajantes que passam por Aedhen. O segundo andar é uma extensão do primeiro, contando com mesas e um segundo palco para todos que queiram colocar suas "habilidades sociais" em teste, seja cantando, tocando música ou contando causos e piadas.


Martelo Esperto
"A" Oficina de Aedhen. Martelo Esperto é de propriedade de Nobu Yone, um Ferreiro humano que já está sentindo os efeitos da velhice. Ele é um homem calmo e responsável, mas costuma cair no sono durante alguns serviços, algo perigoso para um Ferreiro; seu ajudante e aprendiz Pamiu acaba tendo de puxar seu mestre para longe do fogo e terminar os serviços a tempo.

Heaven’s Door
O único Atelier de Aedhen que permite que outros Alquimistas usem o local para seus experimentos e poções, pagando por certas taxas; os outros Ateliers são ou privados ou desconhecidos do resto do público. Saya Junichi, uma garota humana aparentemente jovem, é a dona do lugar, sempre zelosa com seus equipamentos e clientes.


Ponta de Lança
Um Relicário (loja de equipamentos mágicos) simples e recheado de coisas antigas e "interessantes", é de propriedade de Ruck e Dila Fredens, um casal de irmãos espadachins que são considerados "viciados em armas". Existem boatos de que Dila está a procura de um "marido que preste", mas Ruck sempre rebate os pretendentes, as vezes usando de violência para isso.

Caliente e Calisto
As Hospedarias mais famosas e confortáveis, praticamente as únicas se for levar em consideração o estado e atendimento das clandestinas, que ficam do lado de fora da muralha. Seus serviços de alojamento, café da
manhã, almoço, janta e permissão de "garotas dedicadas", ambas as Hospedarias são bem caras, cobrando o mínimo de 80 Libras por estadia.


Cruz da Luz
Uma Confraria gerenciada por seguidores da Igreja da Luz Divina. Costumam cobrar os serviços de ressurreição com tarefas complicadas, como conseguir alguns ingredientes raros que só existem dentro das dungeons ou exterminar alguma criatura forte que está se aproximando de Aedhen ou já está causando um certo alvoroço nas regiões agriculturais. Fica na parte de dentro das muralhas.

North Bat
Outra Confraria, mas é gerenciada por ex-viajantes que se instalaram em Aedhen e cobram altos preços por seus serviços. O preço mínimo gira em volta dos 3 PE, algo bem caro para um cidadão trabalhador e assalariado, mas até que comum para um aventureiro veterano.


Mercado Central
O lugar mais movimentado e cheio de gente em Aedhen. É possível encontrar todo o tipo de coisas por aqui.


Templo Katsu
Um templo xintoísta localizado do lado de fora da muralha, mais ao norte. A sacerdotisa de lá é uma garota alegre e enérgica, sempre disposta a ajudar gente perdida e fazer festivais nos terrenos do lugar para atrais mais fiéis. Dizem que o deus residente não é muito sociável e que passa a maior parte do tempo dormindo dentro do mini templo dentro da Sala da Caixa de Doações. Ele já ajudou algumas pessoas antes, mas não se sabe quais foram as exigências para isso.

3 comentários:

  1. Gostaria de parabenizar você pelo ótimo trabalho que esta fazendo.Frequentemente entro em seu blog para ver se tem novos posts, e baixar algumas coisas que você coloca aqui(série Monstrinhas).
    Eu queria saber se a uma possibilidade de fazer um post onde você apresenta com mais detalhes o universo inteiro de Erthys, é claro se puder....XD

    Muito obrigado pelos posts e continue assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erthys já tinha sido postado antes, acho, mas decidi refazer tudo e colocar no Final Valkyrie Emblem, deixando a coisa mais "organizada".

      E quem tá postando as Kemono Girls é o Sascha, não eu. Obrigado pelos posts, Sascha.

      E continue nos visitando, sempre tem coisa nova surgindo por aqui.

      Excluir
    2. kkkkk.Perdão pela confusão com os autores dos posts, mas se puder fazer esse remake de Erthys ficarei grato, pois adoro 3D&T e esse cenário parece cair como uma luva para o sistema.

      Excluir

Post urls = spam.