AVISO

A nova política de uso do Google me fodeu legal, agradeçam a ele quando virem o que aconteceu com os posts antigos.

Deus Menor



Eddie diz: Enfim, estou atualizando o post sobre divindades, postando agora Deus Menor com (muitas) atualizações:

Deus Menor (especial) (beta):

Para se tornar um deus, você deve ter uma quantidade de pontos de personagem igual ou maior que 50, além de mil ou mais seguidores que o adorem como sua divindade principal. Feito isso, você torna-se um deus menor, e recebe os seguintes benefícios:


Características: você ganha +1 ponto em todas as características.

Pontos de Vida: você ganha +1 PV por ponto de R que possua. Se seus PVs são iguais a Rx5, eles aumentam para Rx6. E se são iguais a Rx6, aumentam para Rx7, e assim por diante.

Armadura Extra: você ganha Armadura Extra contra todos os ataques, exceto magia.

Aspectos: você tem conhecimento e controle (mesmo que limitados) sobre uma ou mais características da existência mortal, conforme seu posto:

• Semideuses sentem automaticamente qualquer evento que envolva seus aspectos e afete mil pessoas ou mais.
• Deuses menores sentem automaticamente qualquer evento que envolva seus aspectos e afete quinhentas pessoas ou mais.
• Deuses intermediários sentem automaticamente qualquer evento que envolva seus aspectos, não importa o número de pessoas envolvidas. Além disso, recebem a vantagem Poscognição.
• Deuses maiores percebem automaticamente qualquer evento que envolva seus aspectos, não importa o número de pessoas envolvidas. Além disso, recebem as vantagens Poscognição e Precognição.

Quando sente um evento, você sabe que ele está ocorrendo e sua localização, mas não obtém qualquer informação sensorial pertinente. Por exemplo, sendo um semideus do mar, você sentiria todos os maremotos que ameaçassem diversas vilas, reconhecendo a existência das ondas, mas não sua altura e posição exata de origem. Ao você tornar-se ciente de um evento, você pode usar Percepção Remota.

Aura Divina: sua presença é capaz de influenciar profundamente os mortais e deuses de posto divino inferior, que podem achá-lo enobrecedor ou perturbador, conforme a relação deles com você e seu estado de humor atual.

Todos os efeitos gerados pela aura são considerados efeitos de ação mental. Os mortais e deuses de posto inferior devem obter sucesso em um teste de R–2 para evitar a aura. Você é imune à aura de deuses de posto equivalente ou inferior. Caso resista à aura, uma criatura ficará imune à mesma durante um dia inteiro.

A aura divina é uma emanação que se estende em torno de você em um raio que varia conforme o posto divino. Você escolhe a área afetada e pode modificá-la como uma ação livre. Caso você selecione um raio de 0 m, sua aura estará inativa. Quando as auras de dois ou mais deuses situam-se na mesma área, apenas a aura do deus mais poderoso continua ativa. Se os postos forem iguais, elas coexistem.

Semideuses: 3m por ponto de R.
Deuses menores: 10m por ponto de R.
Deuses intermediários: 50 m por ponto de R.
Deuses maiores: 1,5 km por ponto de R.

Você pode tornar seus devotos imunes ao efeito da aura como uma ação livre. A imunidade à aura permanece ativa durante um dia ou até ser dissipada por você. Uma vez afetadas, as criaturas continuam a sofrer seus efeitos enquanto estiverem na área predeterminada por você:

Pasmo: as criaturas afetadas contemplam você, fascinadas. Elas podem se defender, mas não conseguem fazer ações, apenas movimentos.
Susto: as criaturas afetadas sofrem redutor de –1 nas FA e FD e testes. Além disso, um olhar ou gesto seu as obrigará a fazerem um teste de R. Se falharem, elas sofrerão os mesmos efeitos da magia Pânico.
Resolução: seus aliados ganham um bônus de +1 nas FA e FD e testes, enquanto seus inimigos sofrem –1 nas mesmas rolagens.

Bloquear Percepção: gastando uma ação, você pode bloquear a capacidade de percepção de outras divindades de posto igual ou inferior. Este poder se estende por 1,5 km de raio (por ponto de R) de você, de um templo ou local consagrado a você ou um evento relacionado a seu aspecto. Você pode bloquear um ou mais locais ao mesmo tempo, além da área à sua volta. Este poder permanece ativo durante uma hora por ponto de R seu.

Centelha Divina: você pode lançar magias divinas como se tivesse as vantagens Clericato e Paladino.

Conceder Magias: conjuradores divinos (que tenham Clericato ou Paladino) que o veneram podem conjurar magias normalmente. Você também pode proibir o uso de magias divinas para qualquer devoto seu como uma ação livre. Além disso, pode conceder uma magia qualquer que conheça a qualquer um de seus devotos, gastando os PMs necessários no lugar dele. A magia poderá ser lançada uma vez, nas próximas 24 horas, então será “esquecida”.

Conceder Poder: você pode escolher uma especialização ou uma vantagem (de até 1 ponto) que possua para servir de poder concedido para seus devotos.

Conjuração Espontânea: escolha uma magia qualquer que você possa lançar. Seus devotos aprendem esta magia e podem lança-la pelo custo normal em PMs, mesmo sem ter nenhuma vantagem mágica. Além disso, você pode lançar a magia escolhida pela metade do custo em PMs.

Criar Objetos Mágicos: você pode criar objetos mágicos relacionados a seus aspectos mesmo sem ter quaisquer vantagens necessárias. Você paga 1 PM normal (em vez de permanente) para criar um objeto mágico. Além disso, poderá realizar qualquer atividade enquanto não estiver trabalhando no objeto, mas ainda deverá atender aos demais pré-requisitos, como custo em PEs e tempo de fabricação.

Imortalidade: você é naturalmente imortal e não pode morrer de causas naturais. Você não envelhece e não precisa se alimentar, dormir ou respirar. Contudo, pode ainda pode morrer de causas não naturais (por exemplo, sendo morto em um combate).

Imunidades: você é imune a todas as doenças e venenos, comuns e mágicos, e também a efeitos de transformação.

Percepção: você tem uma percepção incrivelmente aguçada. Todos os seus sentidos estendem-se por 1,5 km de raio por ponto de R. De fato, com R5, você pode usar qualquer um de seus sentidos a uma distância de 7,5 quilômetros da mesma forma um humano comum perceberia as coisas ao alcance de suas mãos. Sua percepção limita-se aos sentidos que você possui. Por exemplo, você não pode enxergar na escuridão (a menos que tenha visão no escuro) nem através de objetos sólidos sem Visão de Raios-X.

Percepção Remota: gastando uma ação, você pode perceber o ambiente em um raio de 1,5 km (por ponto de R) ao redor de qualquer um de seus devotos, locais sagrados ou outros objetos e lugares sagrados para você. Este poder também pode ser centralizado em locais onde seu nome ou seus títulos sejam pronunciados durante uma hora, ou qualquer lugar que abrigue um evento relacionado ao seu aspecto.

Percepção Remota é capaz de atravessar planos e superar quaisquer barreiras, exceto Escudo Divino (veja a seguir, em Poderes Divinos) ou áreas bloqueadas por uma divindade de posto igual ou superior. Seu poder não é afetado por magias e não cria um sensor detectável por outras criaturas.

Você é capaz de estender sua percepção para um ou mais locais remotos ao mesmo tempo e ainda ter consciência de seus arredores conforme seu posto divino: desse modo, um semideus pode observar e ouvir um local remoto; um deus menor, dois locais; um intermediário, quatro, e um maior, oito.

Uma vez escolhido o local visado por sua percepção remota, você receberá automaticamente todas as informações sensoriais dele até selecionar outro ou ser impedido de enxergá-lo (por exemplo, após uma hora desde que o seu nome foi pronunciado no local).

Poderes Divinos: você recebe um ou mais poderes divinos gratuitamente, à sua escolha. A quantidade de poderes que você recebe varia conforme seu posto.

(Pensei que tivesse postado deus menor antes... Enfim, está aí.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post urls = spam.